Condomínio de luxo em SP sofre com invasões de cascavéis; 80 já foram capturadas

brasil
21.03.2017, 18:02:00
Atualizado: 22.03.2017, 17:46:10

Condomínio de luxo em SP sofre com invasões de cascavéis; 80 já foram capturadas

Suspeita é que incêndio em área rural, com fazendas que produzem milho, levou ratos para dentro do residencial e atraiu répteis

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Condôminos registraram captura de cobras e pediram ajuda à prefeitura local (Foto: Reprodução)

Um condomínio de luxo de Campinas, no interior de São Paulo, sofre desde junho do ano passado com uma explosão de aparecimento de cobras cascavéis. Em nove meses, cerca de 80 foram capturadas dentro e fora das residências, segundo a associação de moradores. O aparecimento dos répteis ocorre no Loteamento Residencial Shangrilá, no Parque Shangrilá.

Uma mulher já foi picada e encaminhada ao hospital. “Ela estava passeando com os cachorros na mata. É uma área de reserva, ela estava na calçada, mas na região da mata”, contou o presidente da associação, Lorene Scheidt, ao portal 'G1'.

Segundo moradores, outras espécies de cobras também estão sendo encontradas no local, a exemplo de cobras-cipó, coral e uma jararaca.

O condomínio fica próximo a uma área rural, com fazendas que produzem milho. Recentemente, segundo o 'G1', houve um grande incêndio, o que trouxe ratos para dentro do condomínio. Em busca de alimentação, as cobras também migraram.

Os moradores montaram uma equipe treinada para capturar as cobras e acionar o Centro de Zoonoses da cidade. A mulher que foi picada, única vítima até então, passa bem.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas