Conheça os benefícios do home care, modalidade que leva assistência à saúde no domicílio

especiais patrocinados
17.09.2021, 07:13:00
Atualizado: 22.09.2021, 08:51:10
A SOS Vida atua em Salvador há 34 anos (Fotos: divulgação)
Estúdio Correio -

Conheça os benefícios do home care, modalidade que leva assistência à saúde no domicílio

Com 34 anos de atuação, S.O.S. Vida é pioneira na serviço de home care na Bahia

Há nove meses, a bancária aposentada Yeda Mendes Bonfim viu um dos cômodos da casa onde mora transformar-se para acolher o leito de internação de sua mãe, Raimunda Bonfim, de 82 anos. A continuidade do tratamento em domicílio para as sequelas motoras provenientes de uma hemorragia provocada pela ruptura de um aneurisma no cérebro foi indicada pela equipe hospitalar e, apesar de causar uma certa apreensão no início, se tornou a melhor alternativa. “Eu não conhecia a modalidade home care até o hospital indicar. Nesses nove meses, a experiência tem sido a melhor possível, pois temos uma auxiliar de enfermagem disponível 24h por dia e uma equipe médica que vem cuidando de todo processo reabilitação dela em casa”, relata.

O serviço de atenção domiciliar que atende Raimunda Bonfim é prestado pela S.O.S. Vida, empresa com atuação em Salvador há 34 anos e que, desde o início da pandemia, percebeu um aumento em sua demanda. “A necessidade de leitos para atender os pacientes da Covid-19 fez as unidades de saúde passarem por um processo de desospitalização de pacientes não graves e, em conjunto com os planos de saúde, hospitais iniciaram o processo de triagem de pacientes cuja internação poderia ser transferida para o lar”, explica Simara Espírito Santo, coordenadora de Qualidade da S.O.S. Vida.

Com a assistência de uma equipe multidisciplinar, o paciente pode seguir o tratamento em casa

Na modalidade home care, o paciente passa a contar com a assistência de uma equipe multidisciplinar em saúde que se desloca para seu domicílio para dar continuidade ao tratamento tanto em casos mais sérios, a exemplo da utilização de ventilação mecânica, como para quadros de reabilitação, como manutenção de curativos e fisioterapia. “Todo o trabalho é conduzido com máximo cuidado. Paciente e família passam por uma triagem e, em seguida, são definidos o calendário de visitas e tratamento, sempre pensando na reabilitação e eventual alta do paciente”, aponta Fernanda Gama, gerente de Relacionamento com o Mercado da S.O.S. Vida.

A S.O.S. Vida possui um serviço de atendimento de urgência próprio e linhas de atendimento remoto à disposição

A coordenadora médica Ana Rosa Humia pontua que além da equipe multidisciplinar que faz o acompanhamento presencial do paciente, a S.O.S. Vida possui um serviço de atendimento de urgência próprio e linhas de atendimento remoto à disposição. “Além disso, nos dedicamos a adequar a nossa atuação a todos os protocolos de prevenção contra a Covid-19 para garantir a segurança de todos, pacientes, familiares e colaboradores”, diz.

Cooperação
Uma das principais características do atendimento domiciliar é a cooperação entre os profissionais de saúde e a família. De acordo com a gerente da Atenção Domiciliar da S.O.S. Vida, Cristiara Allem, a definição da pessoa que assistirá o paciente é um passo fundamental para a dinâmica do tratamento. “O cuidador escolhido pela família, seja um profissional contratado ou, como na maior parte das vezes, um familiar que mora na casa, é muito importante pois se torna um elo entre a equipe médica e a família”, aponta. “Todo o trabalho é feito em forma de parceria: os médicos e enfermeiros orientam a pessoa designada em relação a cuidados de rotina que tragam cada vez mais autonomia para a família”, completa.

A mudança de ambiente do hospital para casa é um ponto muito importante pois o paciente volta para um ambiente familiar

Os benefícios do home care têm sido muito positivos tanto para o paciente como para a família, assegura a geriatra da S.O.S. Vida, Fernanda Reis. “A mudança de ambiente do hospital para casa é um ponto muito importante pois o paciente volta ao conforto do lar, a família fica tranquila pois tem um maior controle sobre o local onde o paciente está sendo tratado e a assistência médica passa ter um custo menor do que teria se o internamento estivesse aplicado a uma unidade de tratamento intensivo, por exemplo”, ressalta. “Porém, essa decisão pela modalidade home care só pode ser feita com com a indicação médica”, completa. 



O Estúdio Correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas