Corpos de vítimas acidente que matou oito são liberados para enterros

bahia
21.06.2019, 10:50:00
Atualizado: 21.06.2019, 13:21:32

Corpos de vítimas acidente que matou oito são liberados para enterros

Batida aconteceu entre São Gonçalo dos Campos e Feira de Santana

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Foto: Paulo José/Acorda Cidade)

Todos os oito corpos resultados do acidente entre um caminhão e uma van na rodovia estadual BA-502, entre os municípios de Feira de Santana e São Gonçalo, nesta quinta-feira (20), já foram liberados para sepultamento. Segundo o Departamento de Polícia Técnica (DPT), as liberações aconteceram na noite de ontem. 

Entre os corpos que serão enterrados ainda nesta sexta-feira (21) está o de Wagner Oliveira Costa, 33 anos. O velório acontece na Travessa Uberada, número 15, em Campo Limpo. O sepultamento está marcado para às 15h no Cemitério de São Jorge, em São Gonçalo dos Campos. 

Wagner deixou uma mulher e dois filhos. Ele, assim como os demais mortos, era funcionário da JBS, uma das maiores empresas de alimentos do mundo. Além dele, morreram: Jeilson Pereira dos Santos, 46; Eliomar dos Santos Teixeira, 43; Jorge Luiz Chagas de Assis, 38 anos; Luciane de Jesus Sampaio de Freitas, 36; Iara Lima Oliveira, 32; Bruna Porto Suzart, 20 e Geórgia Oliveira da Paixão, 19. 

Outras três pessoas, que não tiveram a identidade revelada, chegaram a ficar presas à ferragem, mas sobreviveram ao acidente. Elas foram socorridas para o Hospital Clériston Andrade,e m Feira de Santana. Até o momento não há informações sobre o estado de saúde deles. O CORREIO vem ligando para a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), mas sem sucesso. 

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) o acidente foi registrado na Delegacia de São Gonçalo dos Campos. Desde o início da manhã, o CORREIO vem ligando, mas ninguém atende na unidade. As causas do acidente devem ser conhecidas após laudo pericial.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas