CORREIO/iBahia vão sabatinar os candidatos ao governo da Bahia

bahia
31.08.2018, 06:46:00
Atualizado: 31.08.2018, 19:11:51

CORREIO/iBahia vão sabatinar os candidatos ao governo da Bahia

Cada um dos seis concorrentes terá uma hora de transmissão ao vivo para responder perguntas sobre propostas de governo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Sem tempo apertado, sem cortes e ao vivo. Os seis candidatos ao governo da Bahia terão a oportunidade de apresentar as suas propostas para o eleitorado durante as sabatinas que serão promovidas pelo CORREIO e o iBahia, na próxima semana (dias 4, 5 e 6). Repetindo de dois anos atrás, na última eleição municipal, os dois veículos vão conceder a cada um dos postulantes ao cargo público mais importante do estado a oportunidade de apresentar, com profundidade, as suas propostas. 

Durante os 60 minutos de transmissão ao vivo pelos canais digitais do CORREIO e do iBahia (sites, páginas no Facebook e no Youtube), os candidatos terão a oportunidade de responder às perguntas das equipes dos dois veículos, de entidades representativas da sociedade, de especialistas e questionamentos diretos dos eleitores. A mediação dos seis encontros ficará por conta do editor de Política e Economia do CORREIO, Donaldson Gomes, e da jornalista e influenciadora digital Maíra Azevedo, criadora da personagem Tia Má, que tem 182 mil seguidores no Instagram e 465 mil no Facebook. 

Arisson Marinho

As equipes do CORREIO e do iBahia se reuniram, ontem, com representantes dos candidatos ao governo (Foto: Arisson Marinho)

O CORREIO hoje tem uma audiência média mensal de 30 milhões pageviews e 5 milhões de usuários únicos, enquanto o iBahia acumula  22.698.904 de pageviews e 3,1 milhões de usuários.

As equipes do CORREIO e do iBahia se reuniram ontem com representantes dos candidatos na sede da Rede Bahia para apresentar as regras das sabatinas. Todos os seis já confirmaram a presença nas sabatinas desde o dia 9 de agosto. Estiveram na reunião representantes de Celia Sacramento (Rede), João Henrique (PRTB), João Santana (MDB), José Ronaldo (DEM) e  Marcos Mendes (Psol). A equipe de Rui Costa (PT) informou que não poderia participar do encontro de ontem e pediu para receber as regras  da sabatina por e-mail. 

Foco nas propostas
O diretor de jornalismo e mídias digitais do CORREIO, Roberto Gazzi destaca a oportunidade de discutir os grandes temas da Bahia.

“Tem um aspecto até de comprometimento. A sociedade terá a oportunidade de cobrar os candidatos a partir do que ele se comprometeu a fazer”, ressalta Gazzi. 

A editora-chefe do CORREIO, Linda Bezerra, espera que as sabatinas permitam aos candidatos se apresentarem aos eleitores.

“Não há espaço para ataques. Há espaço para discutir propostas. Contamos com o engajamento total de nossas equipes neste projeto”, afirma. 

Para o editor-chefe do iBahia, Rafael Sena, a realização das sabatinas é um caminho para que o veículo cumpra a sua função institucional.

“Neste momento, nosso papel é subsidiar o eleitor com as melhores informações para que ele faça uma escolha consciente”, diz. 

O jornalista Donaldson Gomes destaca o caráter complementar que a sabatina tem no processo de escolha do eleitor.

“Os debates entre os candidatos são muito interessantes porque nos permitem conhecer um pouco mais das personalidades de cada um, mas deixam pouco tempo para as propostas. Na sabatina, o eleitor tem a oportunidade de saber como o candidato pretende cumprir aquilo que está prometendo”, acredita. 

A jornalista Maíra Azevedo considera a participação dela nas sabatinas com os candidatos  como uma possibilidade de dar voz aos menos favorecidos no atual processo político.

“Eu sou uma mulher preta da periferia de Salvador. Esta é uma chance que eu tenho de levar os anseios de quem vive a mesma realidade que eu. Onde eu moro, as pessoas sofrem quando precisam de serviços determinados serviços públicos”, destaca Maíra Azevedo.

As regras do jogo
As sabatinas serão divididas em quatro blocos de 15 minutos. No primeiro, os candidatos terão a oportunidade de se apresentar ao eleitor, respondendo uma pergunta comum a todos e outra feita por um adversário, que foi sorteado previamente ontem, na presença dos assessores. 

Pelo sorteio realizado ontem, o candidato Marcos Mendes pergunta para Rui Costa;  Rui Costa pergunta para Zé Ronaldo;  João Santana e João Henrique fazem perguntas um para o outro; Célia Sacramento pergunta para Marcos Mendes; e Zé Ronaldo pergunta para a candidata Célia Sacramento. 

Nos demais blocos, apresentarão seus projetos, respondendo perguntas do CORREIO/iBahia, de representantes da sociedade e de especialistas em áreas temáticas.  Alguns leitores terão as perguntas gravadas em vídeo na Estação da Lapa e transmitidas no dia de cada sabatina, para ressaltar o caráter participativo do programa.

Todas as perguntas  serão relacionadas a propostas de governo. As questões só serão conhecidas pelos candidatos durante as sabatinas. Para garantir a isenção e a seriedade das sabatinas, as perguntas enviadas por especialistas e entidades serão registradas previamente em cartório. 


Cronograma das sabatinas

Terça-feira (dia 4)

11h -  Zé Ronaldo (DEM)

13h -  Rui Costa (PT)

Quarta-feira (dia 5)

11h -  Marcos Mendes (PSOL)
13h -  João Santana (PMDB)

Quinta-feira (dia 6)

11h -  Célia Sacramento (Rede)
13h -  João Henrique (PRTB)


Formato das sabatinas é elogiado
O formato das sabatinas apresentado ontem foi elogiado pelos representantes dos candidatos que estiveram presentes  na sede da Rede Bahia. 

“Foi o formato mais democrático que eu vi até agora”, destacou Cássia Reuter, assessora do PRTB, que tem como candidato João Henrique Carneiro. 

Nadja Juvêncio, coordenadora geral de comunicação e marketing do Psol-BA, cujo candidato é Marcos Mendes, acredita que a sabatina é útil para candidatos com menos tempo de propaganda. A percepção foi compatilhada por Leandro Nunes, assessor da candidata Celia Sacramento (Rede). 

“Eu sou um fã de sabatinas, porque eu acho que elas permitem conhecer o candidato”, avaliou o Chico Araújo, assessor de Zé Ronaldo (DEM). A assessora de João Santana (MDB), Cinara Pereira, acredita que ele terá espaço para apresentar as suas propostas. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas