Cozinha desarrumada: Vitória tem terceira pior defesa da Série C

e.c. vitória
28.04.2022, 14:24:00
O técnico Fabiano Soares e o auxiliar Ricardo Amadeu precisarão ajustar a defesa do Vitória na Série C (PIETRO CARPI / ECV)

Cozinha desarrumada: Vitória tem terceira pior defesa da Série C

Novo técnico Fabiano Soares precisará melhorar os números; foram cinco gols em três jogos

A dificuldade para estufar a rede adversária faz com que os holofotes estejam principalmente voltados para as deficiências ofensivas na Toca do Leão, mas se quiser ter sucesso na Série C do Brasileiro, o novo técnico Fabiano Soares precisará olhar bastante para a defesa do Vitória também, em especial em sua estreia no comando do time, contra o Manaus, sábado (30), às 19h, no Barradão. 

Nesta 4ª rodada, o treinador não poderá contar com o zagueiro Ewerton Páscoa. Capitão do Vitória, ele lesionou a coxa direita durante a derrota por 2x1 para o Ypiranga-RS, na rodada passada, e foi vetado pelos médicos. Companheiro de zaga dele, Mateus Moraes também pode ficar fora do confronto, pois está com um edema na coxa esquerda e ainda será reavaliado.

Nesse começo de Série C, o comportamento da defesa acompanha o baixo rendimento de todo o time e contribuiu para a presença na zona de rebaixamento. Ainda sem pontuar, o Leão amarga o 18º lugar. Foram cinco gols sofridos em três derrotas, para Remo (2x1), Floresta (1x0) e Ypiranga-RS (2x1).

Ao lado de São José, Volta Redonda e Ferroviário, o Vitória é dono do terceiro pior sistema defensivo da competição. Apenas o vice-lanterna Altos e o lanterna Atlético-CE têm desempenho inferior. A equipe piauiense sofreu 10 tentos. A cearense, sete. 

TROCA TROCA

Ewerton Páscoa e Mateus Moraes jogaram juntos nas três rodadas da Série C disputadas até aqui. Nas duas primeiras, quando o time ainda era treinado por Geninho e funcionava num esquema tático com três zagueiros, eles atuaram ao lado de Rafael Ribeiro, que foi contratado pouco antes do torneio nacional começar. Este último iniciou no banco contra o Ypiranga-RS e substituiu Páscoa quando ele se machucou. 

Com o veto de Ewerton Páscoa, Rafael Ribeiro já tem presença garantida entre os titulares que vão encarar o Manaus. Resta saber se ele vai jogar novamente ao lado de Mateus Moraes ou se vai editar uma dupla inédita com Carlos, que entrou em campo apenas uma vez, nos acréscimos do triunfo por 2x0 contra o Glória-RS, na segunda fase da Copa do Brasil. O prata da casa de 21 anos chegou a ser cotado para ser titular na estreia da Série C, mas perdeu a disputa justamente para Rafael Ribeiro, que havia acabado de chegar na Toca.  

Os problemas na defesa do Vitória não se restringem à zaga. As laterais produziram pouco nesse começo de campeonato, tiveram as peças modificadas e será necessário mexer outra vez. Titular nas duas primeiras partidas da Série C, o lateral esquerdo Salomão não agradou, sequer foi relacionado na última rodada e deve deixar a Toca.

Recém-contratado, Guilherme Lazaroni estreou contra o Ypiranga-RS, marcou gol, mas foi expulso e cumprirá suspensão diante do Manaus, o que permitirá a estreia de Sanchez, que chegou à Toca no final de semana para reforçar a posição. Ele já está regularizado. 

A lateral direita também vive instabilidade desde o começo da temporada. Alemão alternou com Iury o posto, mas foi quem iniciou a Série C. Não rendeu na estreia e perdeu a vaga para Daniel Bolt, contratado para o torneio nacional. Só que este último também não se destacou e a posição segue precisando de mais regularidade.     

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas