De volta, Allione se solidariza com ausência de Mendoza: 'Está errado'

e.c. bahia
20.06.2017, 16:11:00
Atualizado: 20.06.2017, 19:58:27

De volta, Allione se solidariza com ausência de Mendoza: 'Está errado'

Argentino ficou fora contra o Palmeiras por cláusula contratual, mesmo motivo pelo qual o colombiano será desfalque contra o Corinthians

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Assim como aconteceu na derrota para o Palmeiras por 4x2 na Fonte Nova, no último domingo, o Bahia voltará a ter um desfalque importante por questões contratuais contra o Corinthians, quinta-feira (22), às 19h30, no Itaquerão. 

Allione e Régis já em ação no treinamento; ambos devem voltar contra o Corinthians (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)


Diante do Porco, o volante Matheus Sales e o meia Allione ficaram de fora e, dessa vez, o colombiano Mendoza não poderá atuar contra o ex-clube. Solidário ao companheiro, o camisa 8 tricolor criticou a cláusula. . "Eu vejo do mesmo jeito que ele (Mendoza), fiquei sabendo que não poderia jogar dois dias antes do jogo. Acho que está errado, se você sai do time porque não tem espaço, não entendo porque você não pode jogar contra esse time que não precisou de você. Hoje quem precisa de mim é o Bahia, então queria ajudar o Bahia. Se o outro time não precisou de você, qual é o risco deles de jogar contra?", questionou. 

Apesar de ter assistido o jogo de fora, o argentino também ficou na bronca com a arbitragem no jogo contra o Palmeiras e acredita que as decisões tomadas pelo juiz interferiram no resultado. "Foi ruim assistir ao jogo de fora. Essa vontade de poder ajudar e ter que ficar torcendo é ruim para gente. Acho que o time fez um grande jogo. Se não fosse pelos erros de arbitragem, acho que o jogo teria sido diferente". 

Ciente da necessidade de conquistar pontos fora de Salvador, ainda maior depois do revés em casa, Allione acha que o Bahia precisa ter cuidado diante do líder Corinthians, mas sem deixar de jogar o futebol que vem apresentando dentro da competição. “Cuidado, como a gente já teve com a maioria dos times, como contra o Grêmio. Ficar ligado o jogo inteiro. Nunca deixar de fazer nosso futebol, a pressão alta, ter posse, tentar sempre fazer o gol”, afirmou. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas