Deputado do PSL apresenta projeto para extinguir 8ª melhor universidade do país

em alta
26.05.2021, 20:19:00

Deputado do PSL apresenta projeto para extinguir 8ª melhor universidade do país

Segundo parlamentar, que não tem curso superior, UERJ tem 'aparelhamento ideológico de viés socialista'

Foto:Reprodução/Instagram 

O deputado estadual fluminense Anderson Moraes (PSL) protocolou na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) um Projeto de Lei (PL) para a extinção da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Na PL, protocolado nessa terça-feira (25), o deputado pede para que os bens e os alunos da universidade sejam remanejados para instituições particulares. Segundo Moraes, a UERJ tem um "aparelhamento ideológico de viés socialista".

Na justificativa, o parlamentar alega que a UERJ tem um orçamento de mais de R$ 1,5 bilhão, pela Lei Orçamentária Anual de 2020 (LOA), gerando o custo mensal de R$ 4.523 por aluno.

Ainda na justificativa, o deputado, que não tem nenhum curso superior, fez uma associação do custo por aluno e quantidade de prêmios Nobel (o Brasil não tem nenhum) com uma universidade alemã de mais de 500 anos onde estudaram 34 ganhadores.

Além disso, Moraes informou que a universidade aparece só em 628° lugar entre as melhores universidades do mundo. A UERJ é a oitava melhor universidade do Brasil no mesmo ranking.

Em 19 de maio deste ano, o deputado postou um vídeo em suas redes sociais arrancando uma faixa na UERJ com os dizeres "Vacina no braço, comida no prato! Contra a destruição do serviço público! Fora Bolsonaro e Mourão!".

Segundo o deputado, os alunos "fazem campanha para esses esquerdistas e aqui (na UERJ) está lotado", e completa: "Quantas placas contra o presidente colocarem eu vou tirar!"

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas