Dia de decisão: Bahia encara o Fortaleza em luta para ficar na Série A

e.c. bahia
09.12.2021, 05:00:00
Artilheiro do Bahia no Brasileirão, Gilberto pode fazer contra o Fortaleza sua despedida do tricolor (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Dia de decisão: Bahia encara o Fortaleza em luta para ficar na Série A

Tricolor entra em campo nesta quinta-feira (9), às 21h30, no Castelão

O último ato da temporada será também o mais importante para o Bahia, que nesta quinta-feira (9) entra em campo às 21h30, contra o Fortaleza, no Castelão, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. A partida vale, para o Esquadrão, a permanência na primeira divisão em 2022. Daí o tamanho da importância e o tratamento de decisão que o duelo tem para o time baiano.

Com uma campanha irregular, o tricolor até criou a ilusão de que iria fazer um Brasileirão seguro ao conseguir um bom início nos dez primeiros jogos do torneio, mas a realidade foi mesmo a luta contra o rebaixamento. A fragilidade defensiva e a troca de treinadores - foram três no ano - explicam a posição da equipe na tabela.

O Bahia chega à última rodada na 16º colocação, com 43 pontos. Está empatado com o Juventude, primeiro dentro da zona de rebaixamento, mas leva vantagem no número de vitórias. Por isso, o Esquadrão precisa focar em conseguir uma vitória contra o Fortaleza hoje para escapar da degola sem depender de outros resultados. 

O time de Guto Ferreira também se livra do rebaixamento em caso de empate no Castelão, desde que o Juventude não vença o Corinthians em Caxias do Sul (RS). Se perder para o Fortaleza, o Bahia terá que torcer por derrota do Juventude e para que o Grêmio não vença o campeão Atlético-MG em casa.

“A gente tem que fazer um jogo forte contra uma equipe extremamente eficaz, que mostrou isso dentro do campeonato, não é à toa que estão de parabéns pelo que eles fizeram, conseguiram uma vaga direta à Libertadores. Esperamos concluir com sucesso para que a gente permaneça e deixe o Bahia onde está”, comentou o atacante Gilberto.

Por sinal, o confronto entre Bahia e Fortaleza traz boas recordações para o lado baiano das cores azul, vermelho e branco no ano. Em fevereiro, o Esquadrão também lutava contra o rebaixamento e enfrentou o time cearense na penúltima do Brasileirão 2020. Goleada por 4x0, com três gols de Rodriguinho, o que praticamente eliminou o risco de queda para a Série B.

Depois daquela partida, os times voltaram a se enfrentar três vezes neste ano. Depois da derrota por 2x1, no Castelão, pela fase de grupos da Copa do Nordeste, o Bahia foi quem mais sorriu: eliminou o Fortaleza nos pênaltis na semifinal do Nordestão, após 0x0 no Castelão, e venceu por 4x2 no primeiro turno do Brasileirão, com quatro gols de Rodallega, em Pituaçu.

Agora, o Esquadrão tem uma missão mais acanhada do que as últimas, mas Gilberto sabe que o confronto tende a ser complicado. Os donos da casa preparam uma festa para comemorar a temporada que, após tricampeonato cearense e semifinal de Copa do Brasil, foi coroada com a vaga inédita na Copa Libertadores - direto na fase de grupos. 

E a despedida será com casa cheia. Até a véspera do confronto, cerca de 38.919 mil torcedores haviam garantidos lugar no estádio. “Vai ser uma partida extremamente difícil, um jogo mental forte, no limite, mas se Deus abençoar vamos conseguir o resultado, sempre respeitando o adversário, vai ser dentro da casa deles, mas precisamos do resultado”, disse o camisa 9 do Esquadrão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas