Diretor da área responsável pelo Enem é exonerado do Inep

educação
26.05.2021, 09:19:00
Atualizado: 26.05.2021, 09:22:21
(Divulgação)

Diretor da área responsável pelo Enem é exonerado do Inep

Ele foi nomeado em março; área também cuida da realização do Saeb

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dois meses depois de ser nomeado para o cargo, o tenente-coronel aviador Alexandre Gomes da Silva foi exonerado da Diretoria de Avaliação da Educação Básica, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A novidade foi publicada nesta quarta-feira (26) no Diário Oficial da União.

Esse departamento é responsável, entre outros, por organizar o Enem, que ainda segue sem data marcada paara 2021. Também é o responsável pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que ainda está com a aplicação esse ano sob dúvida.

O Inep não justificou a exoneração e também ainda não anunciou quem ficará com o cargo. 

Gomes da Silva foi nomeado em março para substituir Carlos Roberto Pinto de Souza, que morreu por complicações da covid-19.

Dúvidas
A responsabilidade dessa diretoria é pela realização de dois exames importantes para a educação do país. O Enem, que permite a entrada no ensino superior, e o Saeb, com avaliações de português e matemática que ajudam a formular políticas públicas.

Esse ano, o Enem ainda não tem data marcada para acontecer e o edital ainda não foi publicado - somente o processo para pedir isenção na inscrição está aberto.

O ministro Milton Ribeiro afirmou que a prova deve acontecer em outubro ou novembro desse ano, mas para isso o governo teria que correr.

O Saeb tem a aplicação desse ano discutida. Sem o exame, além de ficar sem o retrato da educação básica nesse momento de pandemia, também seria inviabilizada a realização do Enem seriado neste ano. 

No projeto inicial proposto pelo governo, alunos da 1ª série do ensino médio poderia usar as notas do Saeb deste ano, de 2020 e de 2023 (uma média das três) para tentar vaga na universidade em 2024.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas