Do São Caetano para o sucesso: as estratégias de empreendedorismo do Harmonia do Samba

empregos
22.09.2020, 19:40:00
Atualizado: 23.09.2020, 21:38:11
HS Produções foi buscar os valores primordiais do grupo para manter a integridade nesses tempos de pandemia e crises (Divulgação)

Do São Caetano para o sucesso: as estratégias de empreendedorismo do Harmonia do Samba

Cantor e empresário Xanddy é o convidado de Flávia Paixão e aborda os desafios de empreender no ramo do entretenimento

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Como aconteceu com a totalidade da economia brasileira, a pandemia surpreendeu negativamente os empreendedores na área do entretenimento e cultura. O distanciamento social provocou o cancelamento de shows, apresentações diversas e até mesmo limitou a possibilidade de continuidade de projetos mais intimistas. A saída então, foi respirar fundo, cumprir as obrigações trabalhistas, manter alguns trabalhos possíveis, fosse na forma de lives e drive-in, trabalhar na produção do conteúdo para as redes sociais e plataformas diversas, sem deixar de manter a conexão com o público.

Aliado a tudo, o grupo manteve algumas estratégias para que o momento de crise não abalasse o trabalho realizado ao longo de 26 anos e, para tanto, se basearam em:  planejamento, comunicação franca e aberta, coesão. Dessa forma, a banda Harmonia do Samba e a empresa a HS Produções conseguiram navegar durante os últimos meses. “Tem sido um período delicado, como para todos. Ninguém estava preparado para isso. Ninguém tinha uma programação para enfrentar uma pandemia”, diz o vocalista Xanddy, ressaltando que, internamente, fizeram um acordo com 95% da equipe e banda. “Pessoalmente, apoiei e apoio como posso alguns, que precisaram de um apoio”, completa.

Para além do tino com os negócios, o cantor e empresário admite que contou com o fator sorte no momento de encontrar um grupo unido pelo mesmo sonho e propósito. “O nosso objetivo também, nunca foi, unicamente, financeiro. Claro que pretendíamos viver da música, mas a nossa motivação de subir no palco era ser feliz ali e levar alegria para o povo”, completa Xanddy.

O cantor e empresário será o convidado da administradora Flávia Paixão na live Empregos e Soluções dessa quarta-feira (23), no Instagram, a partir das 18 horas, e abordará as saídas para esse setor que foi tão impactado pela pandemia, desde o início do ano. Venha conhecer mais sobre as estratégias de gestão dessa banda que está há mais de duas décadas fazendo sucesso junto a públicos variados e com muitos  planos para o futuro. 


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas