Dois funcionários são presos suspeitos de matar empresário após roubo de R$ 160 mil

bahia
24.12.2020, 07:51:00
Atualizado: 24.12.2020, 16:12:20

Dois funcionários são presos suspeitos de matar empresário após roubo de R$ 160 mil

Investigadores recuperaram R$ 48 mil em Teixeira de Freitas, no sul da Bahia; outra parte do dinheiro foi usada para comprar imóvel

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dois homens suspeitos de envolvimento no homicídio do empresário Carlos Alberto dos Santos, ocorrido no último dia 12, em Teixeira de Freitas, sul da Bahia, tiveram os mandados de prisão temporária cumpridos, nesta quarta-feira (23), durante operação da Delegacia Territorial (DT) da cidade. A dupla trabalhava no supermercado da vítima e subtraiu cerca de R$ 160 mil.

As investigações apontam que os suspeitos mandaram matar o empresário, para que ele não ficasse sabendo do roubo e os denunciasse à polícia. A quantia de R$ 48 mil foi recuperada pelos investigadores e uma parte do valor roubado, foi usada por um dos criminosos para comprar um imóvel e mobiliá-lo. Aparelhos eletrônicos, um ventilador, um tapete e um par de sapatos que também foram comprados com o dinheiro roubado da vítima também foram apreendidos na ação.  

A polícia apura se outros três homicídios, ocorridos recentemente na cidade, têm relação com a morte do empresário. Após o cumprimento dos mandados, expedidos pela 1ª Vara de Execuções Penais e Júri da Comarca de Teixeira de Freitas, a dupla passou por exames de lesões e foi encaminhada para o sistema prisional.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas