Doria pede ao governo federal recursos para produção de vacina pelo Butantan

coronavírus
20.08.2020, 09:09:27
Atualizado: 20.08.2020, 09:13:55

Doria pede ao governo federal recursos para produção de vacina pelo Butantan

Eexpectativa inicial é de que o Butantan produza entre dezembro e fevereiro 45 milhões de doses

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou ter protocolado nesta quarta-feira (19) ofício ao ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, solicitando recursos para que o Instituto Butantan possa dobrar a capacidade de produção da vacina Coronavac, contra o novo coronavírus, em desenvolvimento em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Segundo Doria, em entrevista à TV Band, a expectativa inicial é de que o Butantan produza entre dezembro e fevereiro 45 milhões de doses da vacina.

No início do mês, o governo federal assinou a Medida Provisória 994 com a liberação de R$ 1,9 bilhão em crédito extraordinário para viabilizar a produção de vacina contra a doença pela Fiocruz. Doria cobrou a bancada paulista na Câmara para que pressione e atue pela divisão dos recursos previstos pela medida e que o Instituto Butantan também receba recursos.

"Como entendemos que como não há disputa, não há razão de apoiar uma vacina e não apoiar a outra", afirmou o governador paulista. "Fizemos um ofício, protocolado ontem no Ministério da Saúde, solicitando o mesmo valor. Não queremos tirar recursos da vacina de Oxford", completou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas