Edigar desfalca o Bahia contra o Blooming; Douglas fica no banco

e.c. bahia
22.05.2018, 15:52:00
Atualizado: 22.05.2018, 17:41:35
Com um problema na coxa, Edigar Junio só deve voltar ao time contra o Flamengo (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Edigar desfalca o Bahia contra o Blooming; Douglas fica no banco

Goleiro está com dor na coxa, mas ficará na reserva por falta de opção; Anderson será o titular

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Bahia vai ter pelo menos duas mudanças na partida contra o Blooming, nessa quarta-feira (23), às 21h45, na Arena Fonte Nova. Depois de sentir uma lesão na coxa ainda no aquecimento da partida contra o Palmeiras, o atacante Edigar Junio foi vetado pelo departamento médico e está fora do duelo.

De acordo com o técnico Guto Ferreira, a tendência é que o jogador só volte a atuar contra o Flamengo, na 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, dia 31. Com isso, Edigar perde também o duelo contra o Vasco, domingo (27), na Fonte Nova.

"Edigar está fora, inclusive é dúvida para domingo. Ele tem uma possibilidade remota de atuar domingo, se tiver uma evolução rápida, mas a tendência é ele voltar contra o Flamengo", explicou Guto.

Outra baixa no Bahia é o goleiro Douglas, que também se machucou durante a partida contra o Palmeiras. O goleiro, no entanto, vai viver situação curiosa. Como o terceiro goleiro do tricolor inscrito na Sul-Americana é Rafael Santos, que já deixou o clube, Douglas ficará no banco de reservas, mas sem condições totais de jogo. Anderson será o titular. 

"Douglas não teve lesão apontada no exame, foi um desconforto, mas um desconforto que neste momento corre um risco caso inicie a partida. Neste momento da competição em que temos apenas dois goleiros inscritos, por conta da saída do Rafael após a inscrição, Douglas vai estar no banco, mas não vai começar a partida. Caso a gente necessite, ele vai para o risco. Mas é uma situação que a gente não gostaria", confirmou o treinador.

Para avançar à segunda fase do torneio internacional, o Bahia precisa vencer o Blooming por no mínimo dois gols de diferença, já que perdeu na ida por 1x0, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Caso vença por 1x0, a decisão vai para os pênaltis.

Na segunda fase, os clubes podem fazer trocas na lista de jogadores inscritos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas