Elevador que despencou no Parque Bela Vista é interditado

salvador
12.06.2019, 19:48:00
Atualizado: 12.06.2019, 19:54:53
(Foto: Almiro Lopes/CORREIO)

Elevador que despencou no Parque Bela Vista é interditado

Responsáveis tem 72 horas para apresentar laudo de manutenção

Os elevadores do prédio Prado Empresarial, na região do Parque Bela Vista, foram interditados nesta quarta-feira (12) pela  Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). Na noite da última terça-feira (11), um dos equipamentos despencou do 7º andar e feriu cinco pessoas.   
 
Ainda segundo a Sedur, técnicos da pasta fizeram uma vistoria nos elevadores do local e decidiram interditá-los por segurança. Os responsáveis pelo prédio comercial foram notificados e têm 72 horas para apresentar os laudos de manutenção predial e dos elevadores. O descumprimento da solicitação pode gerar multas previstas na legislação que variam de R$ 92,26 a R$ 4.609,97.

O CORREIO tentou contato com duas das vítimas da queda de 20 metros, sem sucesso. 

Vistoria 
Visitas técnicas, como a realizada nesta quarta, são rotineiras, mesmo quando não há acidentes. Segundo a Sedur, elas servem para garantir o cumprimento de decreto municipal que determina a manutenção de edificações públicas e privadas. Em 2019, o órgão já emitiu 500 notificações que visam conscientizar o responsável pelo empreendimento a realizar vistoria técnica qualificada para verificação do estado de conservação da edificação.

A apresentação do laudo de manutenção predial, exigido pela pasta no caso do Edifício Prado, atesta que um profissional capacitado verificou todos os elementos construtivos do prédio, como elevador, fachada, instalações elétricas, hidráulicas, telhado e poço, o que pode trazer mais segurança para os condôminos.

O documento deve ser atualizado junto à secretaria a cada cinco anos. Já no caso do laudo de manutenção de elevadores, o prazo para atualização é de dois anos. Ambos os documentos foram solicitados aos responsáveis pelo prédio Prado Empresarial.

Relembre o caso
Cinco pessoas ficaram feridas após um dos elevadores do prédio Prado Empresarial despencar do sétimo andar. As vítimas são uma mulher e quatro homens, com idade entre 22 e 36 anos. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por volta das 16h30. Ao CORREIO, o tenente Júlio César, quem coordenou a operação, disse que ainda não é possível informar as causas do acidente.

Segundo o tenente, ao menos três vítimas tiveram fraturas de gravidade não esclarecida e, as demais, lesões leves. Todas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para três unidades de saúde. Duas delas, Shirlei Gonçalves Coelho, 34 anos, e Danilo de Oliveira Carvalho, 21, foram levadas para o Hospital Geral do Estado (Hge), onde chegaram conscientes.

Conforme informações registradas no boletim de ocorrência da unidade de saúde, Danilo tinha uma lesão em um dos pés, enquanto Shirlei, teve fraturas em vários lugares do corpo. O estado de sáude de ambos é considerado estável. 

As informações contidas no documento dão conta de que as cinco vítimas são colegas de trabalho, todos promotores de vendas, que estavam ali para participar de uma reunião da empresa Aurora Alimentos. Não há informações, no entanto, de que eles trabalham no local. A última pessoa socorrida, um homem, foi retirado do prédio por volta de 18h30.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), um homem com fratura exposta de joelho e tornozelo foi levado para o Teresa Lisieux, na Avenida ACM. Uma segunda vítima foi levada para o Hospital do Subúrbio com fratura exposta no tornozelo esquerdo e traumatismo craniano. 

A SMS informou, ainda, que Shirlei tinha uma suspeita de fratura de fêmur e tíbia, e, Danilo, uma fratura no tornozelo esquerdo. Não há informações de para qual unidade de saúde o terceiro rapaz foi socorrido.

Ao CORREIO, pessoas que trabalham no edifício, que tem sete andares, disseram que o elevador estava no último andar quando despencou. Segundo os bombeiros, a altura equivale a, aproximadamente, 20 metros. 

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) e a Polícia Militar também estiveram no local, que foi isolado até a chegada do socorro.

Os nomes das demais vítimas e as idades não foram informados.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-as-series-e-filmes-que-entram-na-netflix-em-setembro/
Nova de Grey's Anatomy, última de The Good Place, 'Cinquenta Tons Mais Escuros'... veja lista
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ministro-do-meio-ambiente-e-vaiado-durante-evento-da-onu-em-salvador-assista/
Ricardo Salles foi recebido por pessoas que protestavam contra as queimadas na Amazônia
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/trinta-anos-depois-de-partir-raul-seixas-tem-mensagens-atuais/
Morte do músico baiano completa 30 anos nesta quarta-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/margareth-menezes-e-luiz-caldas-cantam-para-irma-dulce-assista/
Ao todo, 50 artistas participam do projeto A Bahia Canta a Sua Santa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-o-trailer-de-marighella-dirigido-por-wagner-moura/
Filme estreia no dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/com-imagens-de-irma-dulce-lazzo-matumbi-lanca-clipe-de-homenagem-assista/
Cantor compôs canção especial para mulher que vai virar a Santa Dulce dos Pobres
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lazzo-matumbi-faz-reverencia-a-irma-dulce-em-musica-ouca/
Cantor homenageou a mulher que, em outubro, se tornará Santa Dulce dos Pobres
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/luiz-caldas-grava-musica-para-primeira-santa-do-brasil-ouca/
Cantor homenageou Irmã Dulce; Ela será canonizada em outubro
Ler Mais