Elias fala sobre confiança de Mano e diz que oscilação é normal

e.c. bahia
14.10.2020, 15:56:00
Atualizado: 14.10.2020, 18:10:12
Para Elias, Bahia está no caminho para conseguir sequência positiva e subir na tabela da Série A (Foto: Rafael Machaddo/EC Bahia)

Elias fala sobre confiança de Mano e diz que oscilação é normal

Aos 35 anos, volante assumiu titularidade após chegar ao tricolor

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois de quebrar a sequência de nove jogos sem vencer no Brasileirão, o Bahia tem vivido de altos e baixos no torneio. Nas últimas quatro partidas, o tricolor somou duas vitórias e duas derrotas. Desempenho que não tem deixado o time se distanciar da briga contra o rebaixamento.

Na visão do volante Elias, a oscilação que o Esquadrão tem vivido no campeonato pode ser encarada de forma natural, já que o técnico Mano Menezes está no início do trabalho e ainda busca a forma ideal para o time jogar.

"Acho que é normal pela chegada do Mano, vem dando mais consistência defensiva. Se for analisar, nos últimos jogos, a gente sofreu só gol de bola parada. Contra o Sport, foram dois, um de pênalti, agora contra o Fluminense um gol de pênalti. Normal. Requer tempo de trabalho para que possa conhecer totalmente o grupo, e a gente possa conseguir uma sequência de triunfos. A meu ver, o trabalho é bem feito, conheço, tenho total confiança nele. Sei que a gente vai sair dessa situação o mais rápido possível", disse Elias.

Aos 35 anos, o volante é homem de confiança do treinador, com quem já havia trabalhado no Corinthians, Flamengo e Seleção Brasileira. Por isso, logo que chegou ele ganhou a condição de titular do meio-campo. De acordo com o atleta, a convivência com o treinador facilita no entendimento do trabalho.

"Pelo fato de conhecer aquilo que ele gosta que o atleta faça, posicionamento que ele pede. Já conheço ele de outros carnavais. Não só do Corinthians e da Seleção, mas também do Flamengo. E também por ter jogado contra ele por praticamente três anos. Ele estava no Cruzeiro, eu no Atlético-MG. Sei o que ele gosta e pede para as equipes. É encurtar o tempo, o espaço, para que não demore muito para mudar uma peça, uma mentalidade de jogo. Conhecendo o Mano, a gente já antecipa algumas coisas dentro de campo", explicou Elias.

Na manhã desta quarta-feira (14), o elenco do Bahia fez o último treino antes de embarcar para Goiânia, local da partida contra o Goiás, na sexta-feira (16), às 20h, no estádio da Serrinha.

O Esquadrão inicia a rodada na 16ª colocação, com os mesmos 15 pontos que o Corinthians, primeiro time na zona de rebaixamento. Nesta quinta-feira (15), o elenco faz a última atividade antes da partida. O trabalho será realizado no CT do Atlético-GO.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas