Em 10 anos, Fórum Agenda Bahia propôs caminhos para o desenvolvimento

agenda bahia
30.09.2019, 04:58:00
Atualizado: 07.10.2019, 15:51:45
Evento completa dez anos trazendo novas ideias (Foto: Luciano Oliveira/Divulgação)

Em 10 anos, Fórum Agenda Bahia propôs caminhos para o desenvolvimento

Evento foi espaço para discussão de ideias, expor problemas e propor soluções

A economia mundial mudou, o trabalho não é mais como era antes, e profissões tradicionais deixaram de existir. O homem mudou, adotou novos comportamentos, abandonou antigas posturas. As empresas mudaram, adotaram novos valores e deixaram práticas tradicionais. Salvador, a Bahia e o Brasil mudaram. E nos últimos dez essas mudanças foram discutidas, propostas e, muitas vezes antecipadas, pelo Fórum Agenda Bahia, que estreava há dez anos, em 2009.

De lá para cá, o espaço para discussão de ideias, expôs problemas, propôs soluções e participou ativamente na construção do futuro do país, da Bahia e de Salvador. “A gente ajudou a colocar holofotes em algumas questões que eram pouco tratadas”, destaca a jornalista Rachel Vita, curadora do Fórum Agenda Bahia. “As pessoas sempre estiveram no centro da discussão para nós”, diz. 

Se tem uma postura que caracterizou as dez edições do fórum foi o olhar para o futuro. Mais do que um espaço para a denúncia da realidade pura e simplesmente, Agenda Bahia se tornou lugar de apresentar propostas e discutir soluções. Na imensa maioria das vezes, a partir do bom exemplo. Alguns dos maiores especialistas em questões como desenvolvimento, sustentabilidade, urbanismo, clima, turismo e inovação, entre outras áreas, passaram por Salvador nestes últimos dez anos. 

Na edição da próxima quinta-feira (dia 3), o Fórum Agenda Bahia novamente vai olhar para o futuro. O evento acontece no Senai Cimatec, Avenida Orlando Gomes, entre as 9 e 18 horas.  Vagas limitadas! Inscreva-se em bit.ly/forumagendabahia

O Fórum Agenda Bahia é uma realização do CORREIO, com patrocínio da Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura de Salvador, Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) e Rede Bahia e apoio da Braskem e DD Education.

Barra ganhou mais espaço para pedestres (Foto: Almiro Lopes) 

Mais espaço para os pedestres
Quando esteve em Salvador, em 2012, o que mais chamou a atenção do engenheiro espanhol Manuel Herce, um dos responsáveis pelo trabalho de reconstrução de Barcelona para as Olimpíadas de 1992, foi a falta de espaço para os pedestres. Durante a sua passagem pela capital baiana, ele fez um alerta: construção de viadutos e de estacionamentos não vai resolver os problemas da capital baiana: é preciso dar atenção ao pedestre e melhorar o transporte público. 

Uma das sugestões de Herce na época foi para que se aumentassem os espaços para pedestres, restringir a passagem de carros em parte das pistas e criar faixas exclusivas para ônibus. 

O engenheiro criticou ainda a falta de espaços agradáveis para caminhar. Na orla, mesmo havendo calçadões, Herce chama a atenção para a falta de planejamento paisagístico. “Nas praias da Pituba ao Rio Vermelho, não tem uma árvore sequer”, disse na época. De lá para cá, de reformas em diversas áreas, como a Barra e a Suburbana alteraram este cenário. 


Mobilidade sempre esteve na pauta
A necessidade de equipar Salvador com um sistema de transporte público moderno e confortável sempre esteve entre os principais assuntos discutidos no Agenga Bahia. Quando o fórum de debates se iniciou, a cidade tinha uma linha de seis quilômetros de metrô que não funcionavam e locomotivas paradas. Dez anos depois, Salvador tem um sistema de metrô e está prestes a contar com um BRT, que vai facilitar a vida de quem precisa utilizar o transporte público. Entre as sugestões de especialistas, que vivenciaram projetos em grandes cidades do mundo, estavam a abertura de corredores exclusivos par ao transporte público e a ampliação do metrô, cujo trecho construído ligava a Lapa ao Acesso Norte, até o bairro de Mussurunga, na Paralela. Atualmente, o sistema vai além disso. Recentemente, Salvador ganhou ônjibus climatizados, que oferecem mais conforto aos seus usuários. 


Requalificação de áreas tradicionais
Um dos grandes desafios das grandes cidades é qualificar as estruturas que já existem. Este foi o conselho do então presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil, Sergio Magalhães, além de ex-secretário de Urbanismo do Rio de Janeiro e um dos criadores do Projeto Favela-Bairro. O especialista disse que a questão central agora é qualificar o que já existe, respeitando a multiplicidade estabelecida, seja de forma ou de uso. A necessidade de requalificação de áreas da cidade também foi destacada pelo engenheiro espanhol Manuel Herce. Um exemplo da prática de requalificação de áreas urbanas nos últimos dez anos pode ser percebido pelo projeto do Hub Salvador e a revitalização da Praça da Inglaterra, no Comércio. O Hub é um espaço para abrigar startups, com capacidade para receber até 100  empresas de tecnologia, no Terminal Marítimo de Salvador. 


Hackathon para discutir Pelourinho
Em 2017, o Fórum Agenda Bahia foi para o icônico Pelourinho, discutir em loco soluções para um dos mais tradicional espaço cultural e turístico de Salvador. Formado por um acervo arquitetônico que impressiona quem visita a cidade, o local abrigou o desafio Hackathon+Salvador. O evento reuniu 50 participantes em uma maratona de inovação de 33 horas, com objetivo de selecionar ideias criativas para resolver os principais problemas dessa região, que é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. O desafio aconteceu nas dependências do prédio da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no Terreiro de Jesus. Fundada em 1808, por decreto do príncipe regente D. João VI, quando a família real portuguesa se mudou para o Brasil, a histórica faculdade foi a primeira do país. O futuro do Centro Histórico foi tema em várias edições do Agenda Bahia.


Para ficar mais um pouquinho aqui 
Em 2012, uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Bahia (ABIH-Ba) mostrou que os turistas não estavam mais ficando em Salvador. Muitas vezes, desembarcavam no aeroporto e de lá rumavam para desfrutar de outras belezas do estado. Na época, a permanência média dos visitantes por aqui entre 2011 e 2012 caiu 3,4 dias para 2,5 dias. O diagnóstico do problema: faltavam atrações para fazer os visitantes ficarem por aqui, ou para mantê-los por mais tempo. No mesmo período, outras capitais nordestinas registravam aumentos significativos em suas movimentações. A solução, apontaram especialistas, na época, passava pela revitalização de equipamentos turísticos e pela criação de novos atrativos para fazer os visitantes ficarem por mais tempo. Hoje, Salvador comemora, entre outros novos atrativos, espaços como a Casa de Jorge Amado e a Casa do Carnaval. 


Uma vocação para grandes eventos 
Lá em 2011 já se falava na necessidade de investimentos para manter o antigo Centro de Convenções da Bahia (CCB), do governo do estado, de pé. Em setembro de 2016, um cenário de horror para uma cidade que vive essencialmente do setor de serviços aconteceu: a estrutura desabou. Em 2013, Guilherme Paulus, dono do Grupo GJP e um dos mais respeitados empresários do turismo brasileiro avisou durante participação no Agenda Bahia que o espaço estava defasado. Dois anos depois, a notícia de que o turismo de eventos no estado despencou. A luz no fim do tunel para a cadeia de turismo na capital baiana começou a acender após a decisão da Prefeitura de Salvador, de construir um centro de convenções. O equipamento, que se encontra atualmente em estágio avançado de obras, tem a sua inauguração prevista para o próximo mês de dezembro. 


Uma nova porta de entrada na Bahia 
A importância da infraestrutura para o desenvolvimento econômico sempre esteve na pauta do Agenda Bahia. Seja para escoar a produção existente no estado, para viabilizar novos investimentos, ou mesmo para facilitar o acesso de visitantes, os investimentos em melhorias nas áreas portuárias, aeroportuárias e mesmo em acessos rodoviários esteve sempre na pauta do fórum de ideias. Em dez anos, o Agenda Bahia discutiu o escoamento da safra agrícola baiana, a necessidade de ampliação do aeroporto internacional de Salvador, a necessidade de reconstrução da malha ferroviária do estado e os acessos aos distritos industriais, entre outros investimentos. Úm exemplo de avanço pode ser notado no aeroporto, que por muitos anos foi apontado entre os piores do país, mas hoje, sob gestão privada, vem sendo alvo de uma série de melhorias. 


Saiba como  participar, gratuitamente

O que  O Agenda Bahia chega aos 10 anos promovendo discussões sobre inovação, compe-
titividade, qualificação e sustentabilidade.

Onde  No Senai Cimatec, na Avenida Orlando Gomes, dia 3 de outubro, entre as 9 e 18 horas

Inscrições  Inscreva-se grátis no endereço  oferta.correio24horas.com.br/agendabahia10anos


SEMINÁRIO [A.R] EVOLUÇÃO - 03 de outubro

MANHà
ARENA DO CONHECIMENTO

08h00 às 9h00   – Credenciamento

09h00 às 09h30   – Palestra “Tudo muda o tempo todo”, com Peter Kronstrom, head para América Latina do Copenhagen Institute for Future 
Studies e fundador do Future Lounge

09h30 às 10h00  – Bate-papo com Peter Kronstrom moderado por Flavia Oliveira, colunista do jornal O Globo e da Globonews

10h00 às 10h30  – Palestra “O Futuro é agora: como o empoderamento digital transforma vidas e cidades”, com Rodrigo Baggio, presidente da Recode, organização social presente em 8 países e 689 centros de empoderamento digital

10h30 às 11h00  – Bate-papo com Rodrigo Baggio moderado por Flavia Oliveira, colunista do jornal O Globo e da Globonews

11h00 às 12h00  – Painel “Distopia ou disrupção: como se preparar para o amanhã?”, com os palestrantes Peter Kronstrom e Rodrigo Baggio e moderação de Flavia Oliveira.

12h   – Intervalo para almoço

TARDE
ARENA DA VIVÊNCIA
14h30 às 16h00  
– Painel “Do robô ao roubo de dados: as novidades na Educação, na Agropecuária, na Construção Civil e na Saúde”, com Silas Cunha, CEO da Abitat, startup Construtech que busca a gestão mais eficiente de empreendimentos através de IoT (Internet das Coisas), Banco de dados e Machine Learning, Ana Carolina Monteiro, sócia da Hackel, consultoria em Marketing Conversacional e soluções em Educação que trabalha com tecnologias de automação e inteligência artificial. como Internet das Coisas e Chatbots, Matheus Ladeia, CEO do E-rural, o maior marketplace de pecuária do Brasil e especialista em agtech, growrth strategi e growth marketing e Vicente Vale, sócio da REP Educa, plataforma digital que utiliza Realidade Aumentada e Inteligência Artificial para ampliar a aprendizagem dos alunos.

14h30 às 16h00 – Oficina “Como programar um robô com sentimentos”, com Peterson Lobato, fundador da Mini Maker Lab e professor na área de robótica, programação e impressão 3D.

14h30 às 16h00  – Oficina “Circuito de Experiências em tecnologias para Educação e para Indústria”, com Fernanda Mikulski Guedes, coordenadora de ações de avaliação educacional, inovação e competições da Escola Técnica Senai-BA e Igor Nogueira Oliveira Dantas, coordenador de projetos de inovação educacional na unidade de Inovação e Tecnologias Educacionais do Senai-BA, Adalício Neto, especialista em Automação no SENAI CIMATEC e responsável pelo portfólio de serviços 4.0.

14h30 às 16h00  – Os desafios do Bitcoin no Brasil, com Thiago Avancinni, diretor de Educação e Tecnologia da DD Corporation.

16h00 às 17h00  – Desafio “Fórum Agenda Bahia/Olimpíada Brasileira de Robótica”, uma parceria jornal Correio e Sesi.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bahia-e-vitoria-empatam-na-copa-baiana-de-aspirantes/
Thiaguinho e Jonatas marcaram os gols do clássico em Pituaçu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/manguezal-do-rio-pojuca-e-atingido-por-pelo-menos-800-kg-de-oleo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/carreata-de-pms-grevistas-trava-a-paralela-engarrafamento-chega-a-9-km/
Previsão da Transalvador é que grupo só retorne para a Adelba às 20h30
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/marcia-fellipe-se-defende-apos-criticar-canonizacao-de-irma-dulce/
'Eu peço aqui desculpa. Não falei sobre religião. Falei sobre o que a palavra nos diz', disse
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/grupo-de-pms-grevistas-faz-carreata-ate-o-cab-para-cobrar-medidas-do-governo/
Justiça negou pedido do MPE para suspender as atividades da Aspra
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/essa-sua-corzinha-diz-passageira-para-motorista-negro-apos-corrida-para-patamares/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dulce-e-pop-1a-missa-para-santa-dulce-dos-pobres-tem-exibicao-de-reliquia/
Caridade de Irmã Dulce, agora Santa Dulce dos Pobres, foi destacada pelo arcebispo primaz de Salvador e do Brasil
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/irma-dulce-iluminou-o-mundo-diz-dom-murilo-em-1a-missa-do-mundo-para-a-santa/