Em busca da primeira vitória na Sula, Bahia recebe o Guabirá

e.c. bahia
27.04.2021, 05:15:00
Com Rossi suspenso, paraguaio Oscar Ruiz vai ganhar nova chance no ataque do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Em busca da primeira vitória na Sula, Bahia recebe o Guabirá

Tricolor encara o time boliviano nesta terça-feira (27), às 19h15, em Pituaçu

A classificação à final da Copa do Nordeste, conquistada no sábado sobre o Fortaleza, ainda é assunto entre os tricolores, mas agora o Bahia “muda a chave” e, antes de encarar o Ceará na final do regional, tem compromisso importante pela Copa Sul-Americana.

Nesta terça-feira (27), o Esquadrão recebe o Guabirá, da Bolívia, às 19h15, no estádio de Pituaçu, pela segunda rodada do grupo B do torneio internacional. O duelo frente os bolivianos será o primeiro do clube como mandante na competição e é necessário vencer para ter chance de assumir a primeira colocação - única que classifica às oitavas de final.

Depois do empate por 1x1 contra o City Torque, em Montevidéu, na abertura da fase de grupos, o Bahia inicia a segunda rodada com um ponto. O Independiente, da Argentina, lidera com três, já que estreou vencendo o próprio Guabirá por 3x1.

O clube boliviano é, teoricamente, o mais frágil dos três adversários que o tricolor tem pelo caminho. Por isso, e por todo o contexto que o Bahia vive - de viagens recentes e tendo a decisão da Copa do Nordeste nos dois próximos sábados -, é esperado que o técnico Dado Cavalcanti decida poupar alguns jogadores no confronto de hoje.

“Já declarei em outras oportunidades que não sou adepto de segurar (poupar) jogadores, mas também avalio caso a caso. Alguns se desgastam mais que outros e talvez não tenham condição de dar 100% na terça. Avaliarei junto com a comissão para definir a melhor formação para entrar forte e conseguir ganhar na terça”, disse Dado Cavalcanti logo após o jogo contra o Fortaleza, em que a classificação à final do Nordestão foi conquistada nos pênaltis após empate de 0x0 no estádio Castelão.

O cenário abre espaço para jogadores que buscam espaço no clube ganharem mais minutos em campo. Com Rossi suspenso (tem mais dois jogos a cumprir da expulsão contra o Defensa y Justicia, no ano passado), Oscar Ruiz vai ter nova chance na equipe titular. Outro que pode começar jogando é o meia-atacante Thonny Anderson, que surge como candidato ao posto de Rodriguinho.

No gol, Matheus Teixeira segue como titular, já que Douglas ainda está isolado após testar positivo para a covid-19. O goleiro foi o herói do Bahia no Castelão ao defender duas cobranças de pênalti do Fortaleza. Na lateral direita, Nino Paraíba, 35 anos, pode ser poupado.

Guabirá motivado
Apesar de ser o azarão do grupo, o Guabirá chega motivado a Salvador. No sábado, a equipe “açucareira” - como é conhecida - venceu o San José por 1x0 pelo Campeonato Boliviano e quebrou um jejum de 45 anos sem triunfos sobre o rival de Oruro.

Com histórico de participações em duas edições da Libertadores e três Copas Sul-Americana, o Guabirá nunca venceu um jogo oficial fora da Bolívia.

“Enquanto for matematicamente possível nós temos que seguir sonhando. Eu acredito que hoje estamos bem tranquilos, nada é impossível e temos que seguir com os mesmos sonhos. Eu disse aos jogadores depois da partida contra o Independiente que temos que seguir sonhando. Podemos fazer uma boa partida no Brasil, na Argentina ou Uruguai. Temos que ir jogo a jogo”, disse o técnico Victor Hugo Andrada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas