Em convenção, ACM Neto apresenta plano de governo pronto

eleições
05.08.2022, 12:21:00
(Mari Leal/CORREIO)

Em convenção, ACM Neto apresenta plano de governo pronto

'Conhecemos todos os problemas e soluções', disse o candidato

O candidato ao governo do estado ACM Neto (União Brasil) destacou, durante a convenção da chapa, nesta sexta-feira (5), que o plano de governo já está pronto. Em entrevista coletiva antes do evento, ele explicou que ouviu técnicos e especialistas para montar o documento, e afirmou que quer fazer um governo que seja referência para o restante do país.

"Vou apresentar o plano de governo, que contou com a contribuição de técnicos e especialistas, e que não esgota todos os temas, e que não será capaz de dar todas as respostas, mas que garanto na história das candidaturas não terá um plano tão completo, como nós fizemos. Por que eu destaco que já temos um plano de governo pronto? Porque é um sinal que conhecemos os problemas e temos as soluções", disse.

Segundo ele, essa é forma de antecipar e agir de forma mais imediata se for vitorioso nas eleições de outubro. "Quando eu sentar na cadeira, saberei quais decisões tomar, e quero fazer um governo que seja referência para o Brasil. Eu sei que a expectativa das pessoas é muito grande e sei que não posso errar. Tenho exata noção da minha responsabilidade", afirmou o candidato.

Neto também falou sobre a escolha da empresária Ana Coelho (Republicanos) como vice na chapa, e falou sobre outros nomes de políticos, como Zé Ronaldo e Marcelo Nilo, que tiveram nomes especulados para ocupar o cargo. "Havia quadros da política extremamente qualificados e preparados, meu amigo deputado Marcelo Nilo, nosso ex-prefeito de Feira de Santana Zé Ronaldo, ambos tinham condição de assumir, mas seria possível também conciliar com algo que fosse capaz de trazer alguém de fora da política. Conheço Ana há muitos anos, não temos o mesmo estilo, pensamos diferente, mas a história foi o que credenciou para estar aqui", detalhou.

A candidata à vice, Ana Coelho, ressaltou que se sentiu honrada com o convite. "Como eu falei anteriormente, eu me senti honrada, primeiramente pela possibilidade de ser a primeira vice mulher e representar a mulher no governo. A gente precisa de mais mulheres ocupando esses espaços", disse.

Segurança pública
O candidato também falou sobre a segurança pública atual. "Quando a gente fala de segurança, é como se as pessoas tivessem se acostumado com isso, é tanta desculpa que o governo atual traz: "ah, é um problema nacional, apenas causas sociais", é só desculpa. Às vezes pessoas decidem se conformar. Esse descrédito, essa falta de expectativa de que alguém possa chegar e resolver é resultado da política atual, da condução atual", criticou. 

Ele citou como pretende enfrentar o problema no estado. "O que posso assegurar, não fazendo promessas, nem caindo no erro e nem cometendo o pecado de promessas, que é que eu vou trabalhar pra valer, vou assumir a responsabilidade. Não vai ter essa história de que não é comigo. Eu vou enfrentar o problema. A desculpa hoje é tão esfarrapada que vários estados do Brasil, Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina reduziram os índices de violência nos últimos anos. Por que a Bahia só cresceu? Pela falta de governo, incompetência".

Consórcio Nordeste
Neto disse ainda que, caso seja eleito, pretende manter um bom diálogo com os governadores do Nordeste. "Eu acho que o contato é fundamental, a troca de experiências, ajustar ao máximo as ações conjuntas, mas o formato e modelo jurídico [do Consórcio Nordeste] só será possível saber depois que tivermos o mapa definido das eleições. Vamos ver quem é quem", afirmou.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas