Em grupo do Telegram, brasileiros declaram lealdade ao Estado Islâmico

brasil
19.07.2016, 15:04:00

Em grupo do Telegram, brasileiros declaram lealdade ao Estado Islâmico

Este é o primeiro grupo na América do Sul a declarar de modo formal lealdade ao EI

Um grupo extremista muçulmano brasileiro declarou lealdade aos terroristas do Estado Isâmico. A informação foi colhida pelo site "Intel Group", especialista em monitoramento de atividades terroristas, e publicada pela agência de notícias Ansa.

De acordo com a Ansa, o grupo criou um canal aberto na rede social Telegram, chamado "Ansar al-Khilafah Brazil", onde escreveu: "Se a polícia francesa não consegue deter ataques dentro do seu território, o treinamento dado à polícia brasileira não servirá em nada".

Para senadores, proposta para criminalizar terrorismo tem de ser acelerada no Brasil Tauseef Mustafa/AFP/AFP
(Foto: AFP) 

Os extremistas se referem aos treinamentos em conjunto da polícia francesa com agentes brasileiros para a segurança dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A Olimpíada começará no mês de agosto e tem o terrorismo como uma das suas principais preocupações. 

Segundo o Intel Group, este seria o primeiro grupo na América do Sul a declarar de modo formal lealdade ao EI. Há poucos dias, o grupo terrorista lançou uma versão em português do canal "Nashir", página do califado também no Telegram. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas