Em oito jogos, Vitória teve seis jogadores na função de armador

e.c. vitória
23.03.2021, 11:39:00
Vico deve ser mantido na função de armador de jogadas do Vitória diante do CRB (LETÍCIA MARTINS / ECVITÓRIA)

Em oito jogos, Vitória teve seis jogadores na função de armador

Rubro-negro ainda não definiu um camisa 10 e sofre com lesões nesse começo de temporada

Eduardo, Soares, Fernando Neto, Gabriel Santiago, Alisson Farias e Vico. O que esses jogadores têm em comum? Todos já foram escalados para fazer a função de armador no meio-campo do Vitória. Seis atletas começaram em campo com esse papel nos oito jogos disputados pelo rubro-negro na temporada 2021. 

O último deles foi o atacante Vico, que atuou como terceiro homem de meio campo no empate em 1x1 com o Sampaio Corrêa, no sábado (20) passado, no estádio Castelão, em São Luís, em jogo válido pela 4ª rodada da Copa do Nordeste. Apesar de garantir que se sente à vontade, ele não seguirá na posição no próximo compromisso no regional, contra o CRB, na quarta-feira (24), às 19h30, no Barradão. A missão será de Ruan Nascimento.

"É uma posição que gosto de jogar. Já tive algumas atuações ali por dentro. No próprio Ba-Vi, no segundo tempo, joguei ali nessa função. É uma função que eu gosto de jogar, gosto de articular bastante, achar alguns passes. É uma posição que me sinto muito bem, tanto ali quanto pela direita", disse Vico.

Diante do Sampaio Corrêa, a principal obrigação de Vico era servir o trio de ataque formado por David, Samuel e Ygor Catatau, que exerceu aberto pela direita o papel anteriormente desempenhado por ele. Foi de Vico o passe açucarado que resultou no gol de Samuel aos 24 minutos do primeiro tempo. 

"É uma função que gosto. Ainda mais agora que a gente tem bastante extremos, quanto mais puder diversificar dentro de campo, melhor para o Vitória. Onde o Rodrigo achar que vou ter o melhor desempenho e contribuir com o time, vou dar meu melhor e jogar na posição que possa ajudar o time", voluntariou-se Vico. "Cabe ao Rodrigo Chagas decidir onde vai querer me usar, onde é melhor para o time. Eu tô aqui para desempenhar o meu melhor papel, tanto por dentro como por fora" 

O atacante vem recebendo críticas nesse começo de temporada principalmente pelas chances desperdiçadas diante da meta adversária. 

"A cobrança é válida. É uma crítica construtiva, algo para eu melhorar e evoluir. Vejo como algo positivo", avalia. "Reconheço que essas oportunidades não podem ser perdidas, ainda mais em jogos importantes como a gente teve, então é seguir trabalhando e aperfeiçoar nos treinamentos para quando houver outra oportunidade eu possa ter uma excelência e fazer o gol", projetou Vico. 

Vico foi o sexto jogador testado pelo técnico Rodrigo Chagas como referência no meio-campo. Prata da casa e principal aposta do Vitória para a criação das jogadas nesse começo de temporada, Eduardo desempenhou o papel nos dois primeiros jogos do ano, no empate com o Unirb (3x3) e no triunfo contra o Atlético de Alagoinhas (2x1), ambos pelo Campeonato Baiano, mas desfalcou o time logo depois. Com problema de hérnia discal, o meia de 20 anos ainda está em fase final do tratamento das dores lombares.

À disposição, o meia Soares só foi titular no triunfo contra o Santa Cruz (2x0) na estreia da Copa do Nordeste. No jogo seguinte do regional, na derrota para o Ceará (3x1), Rodrigo Chagas preferiu adiantar o volante Fernando Neto, que atualmente não é opção, pois se recupera de lesão na coxa. 

Coube a Gabriel Santiago o papel de camisa 10 nos triunfos contra Águia Negra (1x0), na estreia da Copa do Brasil, e Bahia (1x0), no clássico do Nordestão. Revelado na Toca do Leão, o meia de 21 anos foi bem e inclusive foi responsável pela assistência do gol marcado por Samuel no Ba-Vi, mas lesionou o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, precisará passar por cirurgia e a previsão de retorno aos gramados é de seis meses. 

Sem Gabriel Santiago, Rodrigo Chagas decidiu apostar em Alisson Farias para a função. Habilidoso e com boa técnica, o atacante estreou na temporada no empate sem gols com o Bahia, pelo Campeonato Baiano, após passar por condicionamento físico específico, mas sentiu a falta de ritmo de jogo e não se destacou na função.

Confira a seguir os jogadores responsáveis pela armação de jogadas do Vitória em cada partida de 2021:

17/02 - Unirb 3x3 Vitória - Eduardo - Campeonato Baiano
24/02 - Atlético 1x2 Vitória - Eduardo - Campeonato Baiano
27/02 - Vitória 2x0 Santa Cruz - Soares - Copa do Nordeste
06/03 - Ceará 3x1 Vitória - Fernando Neto - Copa do Nordeste
09/03 - Águia Negra 0x1 Vitória - Gabriel Santiago - Copa do Brasil
13/03 - Vitória 1x0 Bahia - Gabriel Santiago - Copa do Nordeste
17/03 - Bahia 0x0 Vitória - Alisson Farias - Campeonato Baiano
20/03 - Sampaio Corrêa 1x1 Vitória - Vico - Copa do Nordeste

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas