Em vídeo antigo, Damares afirma que princesa de Frozen é lésbica

brasil
12.05.2019, 10:42:00
Atualizado: 12.05.2019, 14:18:21

Em vídeo antigo, Damares afirma que princesa de Frozen é lésbica

'Eles estão armados. O cão é muito bem articulado', afirma ministra; Xuxa criticou

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foto: Reprodução e ABr

Um vídeo antigo, sem data, da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, viralizou neste fim de semana na internet. Nele, a ministra afirma que a princesa é homossexual por viver sozinho num castelo de gelo.

"Agora a princesa de 'Frozen' vai voltar para acordar a Bela Adormecida com um beijo gay. Isso é muito grave. Eu fui menina e sonhei em ser princesa. Eu sonhei com o meu príncipe encantado. A gente está abrindo uma brecha na cabecinha da menina de três anos para sonhar com princesa", afirma.

Nas redes sociais, muitos internautas estão ironizando a fala da ministra. Frozen e Elsa até se tornaram alguns dos assuntos mais comentados no sábado (11) no Twitter.

Xuxa se manifestou
No Instagram, a apresentadora Xuxa, que comandou atrações infantis por muitos anos na Globo, criticou a ministra: “Estamos vivendo um momento onde TODOS tem voz, todos… Vivemos um momento que falam muito sobre liberdade de expressão…. mas meu D E U S onde o mundo vai parar com tanta ignorância, falta de respeito com as escolhas ou condições das pessoas?”, disse Xuxa na rede social, onde compartilhou o vídeo da pregação da pastora Damares.

"Vi pessoas interpretarem bíblia, poesias, quadros de diversas formas… Mas desenho animado???", completou a apresentadora.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas