Embraer põe maior parte de colaboradores em férias coletivas ou trabalho remoto

brasil
30.03.2020, 10:58:55
Atualizado: 30.03.2020, 11:16:52

Embraer põe maior parte de colaboradores em férias coletivas ou trabalho remoto

Até então, estava em prática o afastamento temporário remunerado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Embraer anunciou que a maior parte dos colaboradores estará em férias coletivas entre os dias 1º e 9 de abril ou trabalhando de forma remota em meio à pandemia por coronavírus. Até então, estava em prática o afastamento temporário remunerado desde o dia 22 de março nas fábricas no Brasil.

Nesse período, a direção definiu as atividades essenciais e serviços prioritários que não devem ser interrompidos durante o período de crise global, como apoio à operação dos clientes, manutenção e a fabricação de aeronaves.

Os funcionários das áreas essenciais que puderem exercer o trabalho remotamente permanecerão em suas residências.

O comunicado informa ainda que há um grupo de trabalho da companhia dedicado a colaboração com equipamentos e soluções para o combate à covid-19 no País, como fabricação de peças para a indústria de ventiladores e respiradores.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas