Empoderamento digital

artigo
08.11.2019, 09:14:34
Atualizado: 08.11.2019, 10:41:39

Empoderamento digital

Mas o cenário “robocalíptico”, como vem sendo chamado, não pode prevalecer

O futuro chegou e já impõe formas até há pouco inimagináveis de convívio, consumo, relacionamentos e trabalho. Poucas gerações na história atravessaram um ponto tão crucial e significativo de rupturas: somos testemunhas da transição para a 4ª Revolução Industrial, marcada pela inteligência artificial e outras tecnologias exponenciais – como biotecnologia e realidade aumentada e virtual. Só no Brasil, esse cenário pode impactar na extinção de 54% dos empregos formais até 2026, ou 30 milhões de vagas fechadas até 2026, segundo estudo da Universidade de Brasília.

Mas o cenário “robocalíptico”, como vem sendo chamado, não pode prevalecer. Este é também um raro momento para reflexão e ação: o que podemos fazer hoje para capacitar e qualificar crianças e jovens prontos para moldar a tecnologia a favor da humanidade?

Temos a chance única de mostrar que essas ferramentas não são forças externas. Por meio do empoderamento digital, celebramos exemplos diários de jovens que conseguiram dar um novo significado ao acesso à Internet e outros dispositivos como smartphones, desde que tenham consciência ética e sejam despertados para o potencial positivo dessas tecnologias na resolução de problemas sociais. Esse é o trabalho que realizamos com a metodologia e a formação da Recode, organização da sociedade civil fundada há 24 anos e parceria de mais de 800 centros de empoderamento digital em parceria com ONGs, bibliotecas e escolas públicas em oito países.

É certo que os desafios são imensos num país tão marcado por desigualdades. Segundo o IBGE, a maior quantidade de famílias sem acesso à Internet está na região Nordeste. Apenas 56,6% das casas está conectada, o que representa mais de dez pontos abaixo da média nacional. Na Bahia, pelo menos 4 a cada 10 lares não possui conexão. O alto preço dos serviços dos provedores está entre as principais barreiras apontadas por essa fatia da população.

Para alavancar de fato a inclusão e o empoderamento digital, precisamos buscar soluções duradoras por meio de uma grande coalizão envolvendo setor privado, sociedade e poder público. Juntos, essa aliança intersetorial deve contribuir com políticas públicas nos três níveis de governo, que nos permitam acelerar a universalização do acesso qualificado à tecnologia, guiado pela educação e por amplas campanhas pelo seu uso consciente e transformador.

Afinal, são milhares de brasileiros que não podem mais esperar para liderar a atual revolução em curso. Que sejamos norteados por humanidade e valores rumo a uma civilização mais empática, justa, inovadora e repleta de oportunidades de desenvolvimento social para todos.

Rodrigo Baggio é empreendedor social e presidente da Recode

Opiniões e conceitos expressos nos artigos são de responsabilidade dos autores


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-de-clipe-de-anitta-e-morto-no-rio-estarrecida/
Segundo moradores, ele foi assassinado por vingança após uma briga
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/aluno-da-ufrb-e-acusado-de-racismo-por-recusar-documento-de-docente-negra/
Caso aconteceu na turma de Ciências Sociais; instituição não se posicionou
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/morre-marie-fredriksson-vocalista-da-roxette/
Ela foi diagnosticada em 2002 com um tumor no cérebro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/filme-sobre-geovane-morto-por-policiais-chega-ao-festival-do-rio/
Dirigido por Bernard Attal, documentário se baseia em caso revelado pelo CORREIO
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/harmonia-recebe-ludmilla-e-ferrugem-em-gravacao-de-dvd-no-wetn-wild/
Gravação acontece na estreia d'A Melhor Segunda Feira do Mundo, no dia 6 de janeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-juice-wrld-morre-aos-21-anos-nos-estados-unidos/
Ele sofreu convulsão no aeroporto; artistas lamentam
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fotografa-faz-ensaios-para-negros-a-preco-acessivel-no-reconcavo/
Ellen Katarine também é trancista, dreadmaker e estudante de História na UFRB
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais