Enderson Moreira valoriza boa fase do Bahia e defende Rogério

e.c. bahia
28.03.2019, 11:39:00
Atualizado: 28.03.2019, 11:39:44
Enderson Moreira festeja resultados positivos do Bahia e classificação às finais do Baiano (Felipe Oliveira / EC Bahia)

Enderson Moreira valoriza boa fase do Bahia e defende Rogério

Tricolor venceu o Atlético de Alagoinhas por 2x0 e avançou às finais do estadual

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O torcedor do Bahia festejou nas últimas quatro vezes que o tricolor entrou em campo. E mais: não lamentou gols rivais. Após perder para o Sergipe por 1x0,na Fonte Nova, pela Copa do Nordeste, dia 13 de março, o Esquadão embalou e não voltou a decepcionar seu torcedor. Na noite de quarta-feira (27), a equipe confirmou a classificação às finais do Campeonato Baiano, após vencer o Atlético por 2x0, no estádio Carneirão, em Alagoinhas. 

Pressionado após o tropeço contra a equipe sergipana, o técnico Enderson Moreira comemorou a boa fase da equipe. "Nossa equipe mantém o padrão de jogo. O que acontece é que às vezes temos dificuldades de concretizar as oportunidades criadas em gol. Hoje (ontem), a gente conseguiu fazer, poderia não ter feito. Parece que tudo é fácil... Precisa de uma fase boa também. Quando a fase é boa, as coisas acontecem, a bola sobra e a gente acaba sendo mais efetivo. O Bahia tem uma forma de jogar, a gente tem enaltecido isso com os atletas. Independente de resultado, de classificação, a gente tem passado por um processo desgastante e os atletas tem dado um retorno positivo", pontuou.

Enderson também elogiou a determinação do atacante Rogério, que foi escalado como titular contra o Atlético, ao lado de Élber e Fernandão.

"A primeira coisa é o Rogério: ele fez um bom primeiro tempo, deu consistência, foi agressivo, criou boas situações. No segundo tempo errou alguns lances que poderia fazer ainda melhor. Mas ele é um atleta do Bahia. Está passando por dificuldades no começo, mas tem uma capacidade enorme. A gente tem que acreditar. Ele está errando porque quer muito acertar. Ele está sentindo um pouco mais. O grupo todo confia nele, não é só o Enderson. Espero que o torcedor possa entender, e alguma coisa que ficou para trás se passe uma borracha. A gente confia, ele se dedica muito. É uma luta, uma briga, uma vontade de fazer as coisas. O que ele quer muito é acertar", afirmou o treinador. 

O Bahia volta a entrar em campo no sábado (30), quando enfrenta o Sampaio Corrêa, às 15h, no estádio Castelão, em São Luís, no Maranhão, pela última rodada da fase classificatória da Copa do Nordeste. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas