Enem 2018: O segredo das redações nota mil está resumido em cinco competências

educamais
01.11.2018, 15:27:00
Atualizado: 01.11.2018, 15:35:43
O tema da redação ainda é uma surpresa (Shutterstock)

Enem 2018: O segredo das redações nota mil está resumido em cinco competências

Siga os critérios para se dar bem na prova

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018) está se aproximando. Nos próximos finais de semana, dias 04 e 11 de novembro, os estudantes irão enfrentar uma maratona de questões e uma redação. Ela mesmo! A mais temida avaliação pelos estudantes ainda terá tema surpresa.

Para evitar o desespero dos estudantes de plantão, vale lembrar que a correção das redações do Enem segue um modelo padronizado de critérios. Por isso, é necessário que o texto se encaixe nas cinco competências, que inclusive estão disponíveis no Manual de Redação do Enem 2018. Sendo assim, tirar a nota máxima não é sorte, mas sim fruto da capacidade de elaborar um texto que se enquadra nos critérios estabelecidos. 

O segredo então das redações nota mil do Enem é seguir esses cinco critérios usados na avaliação. Por isso separamos aqui cada uma delas

Competência 1

Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos

Cada uma dessas competências é avaliada em critérios que variam de 0 a 200 pontos, em seis níveis diferentes de adequação. E cada um desses níveis tem características já pré-definidas, para que nenhuma interferência pessoal do examinador altere a nota do candidato. Em cada competência, o estudante pode tirar 200, 160, 120, 80, 40 e 0 pontos.

Saber se adequar à essas competências pode te ajudar a ir bem na prova e, assim, conseguir ingressar no Ensino Superior.


Ingresso no Ensino Superior com bolsas de estudo

Uma outra dica: você pode ingressar na faculdade dos sonhos com bolsas de estudo de até 70% contando com apoio do Educa Mais Brasil. Entre cursos disponíveis estão Engenharia Civil, Direito, Ciências Contábeis, Educação Física, Administração, Biomedicina, Nutrição e Farmácia. Para conseguir o benefício acesse aqui o site parceiro do programa e faça sua inscrição gratuita.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas