Enem: primeiro dia de prova tem filas e palpites sobre tema da redação

salvador
03.11.2019, 16:35:00
Atualizado: 03.11.2019, 16:36:33
((Foto: Eduardo Dias/CORREIO))

Enem: primeiro dia de prova tem filas e palpites sobre tema da redação

Cerca de 390 mil estudantes em 160 municípios farão exame em toda a Bahia

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


O estudante Lucas Fernando de Sales, 21 anos, é um dos cerca de 390 mil candidatos espalhados em 160 municípios baianos que foram fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste ano. Ele, que faz o Enem pela primeira vez neste domingo (3), tem o sonho de entrar para a Polícia Federal, mas, para isso, pretende primeiro ingressar no curso de Direito e seguir os passos do pai.

O Enem é o principal meio de entrada nas universidades públicas e privadas de todo o Brasil. Neste domingo foram realizadas as provas de Linguagens e Ciências Humanas, com 90 questões, além da Redação, que teve o tema “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”, escolhido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que propôs aos candidatos escrever um texto dissertativo-argumentativo de até 30 linhas sobre o tema.

O CORREIO percorreu alguns pontos da cidade onde estavam sendo realizadas as provas para falar com os estudantes sobre as expectativas e preparação para o Enem. No Rio Vermelho, foi possível notar a formação de uma pequena fila antes da abertura dos portões, mas sem tumulto. 

Sem perder tempo, Lucas fez questão de chegar bem cedo ao Colégio Estadual Manoel Devoto, no Rio Vermelho, por volta das 11h, seu local de realização da prova. O estudante era um dos primeiros da fila que se formou em frente ao portão do colégio, antes mesmo da abertura dos portões.

“Me sinto preparado, estudei bastante. Eu resolvi chegar cedo por medo de me atrasar. Venho de um bairro distante do local de prova, não quis pagar para ver. Meu futuro está em jogo e depende muito da minha presença aqui, me cobro bastante por isso. Para isso, eu vim bem equipado com meus lanches, água para me hidratar e controlar o nervosismo e minhas canetas pretas para não correr o risco de ser eliminado”, contou o estudante.

Apesar do esforço de Lucas de chegar 1h antes, os portões das escolas só abriram às 12h (de Brasília). Ele garantiu que só sairá da sala após poder levar o caderno de questões para que possa corrigir o gabarito de respostas depois.

Lucas pretende cursar Direito e pretende conseguir a vaga através do Enem (Foto: Eduardo Dias/CORREIO)

“Eu acredito que as questões sejam mais difíceis esse ano, por conta da mudança de governo e tudo mais, pode ser algo mais rígido. Eu resolvi tentar uma vaga em Direito porque quero muito entrar para a Polícia Federal e acredito que estando num curso desses vai me ajudar muito. Gosto de ficar até o final da prova, sair com o caderno de questões. Isso ajuda na correção após a prova”, completou Lucas, que acreditava que o tema da redação seria relacionado com a Amazônia.

Como é de praxe, para a realização da prova, nada de “caneta azul e muito menos azul caneta”, como diz a música do cantor Manoel Gomes, que viralizou na internet ao longo dessa semana. Em seus avisos, o Ministério da Educação (MEC) alertava os estudantes para o uso de caneta esferográfica de cor preta e de material transparente.

Já a estudante Jaiana Santana, 18, que faz a prova como forma de experiência para o próximo ano, ainda está cursando o segundo ano do ensino médio, mas garantiu que levou canetas de cor preta e mais duas de reserva da mesma cor. Ela também foi fazer a prova no Colégio Manoel Devoto.

“Estou fazendo como experiência para o próximo ano, pois ainda estou no ensino médio, no segundo ano. As pessoas me falaram que é uma prova bastante difícil, que exige muita paciência e lógica, mas estou tranquila. Pretendo cursar Fisioterapia quando eu concluir o colégio. Fiz questão de trazer canetas pretas, e com reservas. Nada de caneta azul, não quero virar meme”, brincou.

Novo Enem
O Enem 2019 é o primeiro realizado na gestão do presidente Jair Bolsonaro, que criticava o conteúdo da prova nos últimos anos. Antes da abertura dos portões, o aluno da Escola de Engenharia Eletromecânica da Bahia (Eemba) e com sonho de cursar Biologia Marinha ou Medicina Veterinária, Guilherme Reis, 17, apostava em dois possíveis temas para a redação: patriotismo e nacionalismo, por acreditar que seriam temas defendidos pelo novo governo e estrariam como tema proposto.  

“Estudei bastante, principalmente para as questões de humanas e a redação, que é o meu foco. Me preparei muito para essa prova, espero me sair bem. Gosto muito das áreas que envolvam saúde e animais, estou na dúvida entre Biologia Marinha e Medicina Veterinária. Acho que a redação vai ser algo que o novo governo defenda, patriotismo ou nacionalismo”, contou.

Guilherme apostava em dois possíveis temas para a redação do Enem (Foto: Eduardo Dias/CORREIO)

Frustração
Após o fechamento dos portões, às 12h, um estudante saía de cabeça baixa da Escola Politécnica da UFBA. Ele não chegou atrasado, mas não observou corretamente seu local de prova. 

Márcio Roberto Souza, 21, iria prestar o Enem pela primeira vez. Seu sonho era cursar Administração, mas após tentar entrar na sala para realizar a prova, percebeu que estava no local incorreto. Sua prova seria no Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades, no Campus São Lázaro, mas quando percebeu, não deu mais tempo de mudar de campus. 

As portas do Campus da Escola Politécnica fecharam às 13h em ponto (Foto: Eduardo Dias/CORREIO)

"Eu cheguei umas 12h e fiquei sentado aguardando o horário. Ninguém me questionou, não me perguntou minha sala, faltou informação. Na hora de entrar para a sala, faltando 5 minutos, que percebi que estava no local errado. Infelizmente não vai dá tempo chegar no outro campus, Agora é estuda para o ano que vem não cometer o mesmo erro", relatou. 

Mas o que já estava ruim, ficou ainda pior. Márcio, que foi acompanhado com um amigo, dividindo o valor do transporte por aplicativo do bairro de Brotas até a Federação, afirmou que vai precisar aguardar o amigo até que ele termine a prova e possam ir embora juntos. 

"Agora, vou agurar ele do lado de fora, pois ele que está com o dinheiro e tem o aplicativo no celular para chamar o transporte", completou.

No próximo domingo (10) as provas serão de Ciências Exatas e Ciências da Natureza. A publicação dos gabaritos está prevista para o dia 13 e o MEC só deverá liberar as notas em janeiro.

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) anunciou durante a semana o reforço de 79 linhas da frota que para circular neste domingo, com 490 veículos, um acréscimo de 55% em relação aos domingos normais. 

*Com supervisão da repórter Laura Fernandes 

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/como-fazer-um-ovo-de-pascoa-em-casa-o-correio-te-conta/
Especialistas ensinam como fazer o melhor ovo de páscoa de dentro da sua cozinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/coronavirus-veja-quais-as-areas-do-carro-que-precisam-de-maior-cuidado/
Jornalista automotivo fala sobre limpeza e como manter o veículo guardado durante a quarentena
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/surto-de-lives-na-quarentena-transmissoes-ao-vivo-se-tornaram-comuns-e-ate-memes/
Confira também uma lista de perfis para acompanhar os 'ao vivo'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/autor-de-video-compartilhado-por-bolsonaro-pode-pegar-6-meses-de-prisao/
Gravação trazia informações falsas sobre desabastecimento de alimentos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/abner-pinheiro-publica-foto-com-bebe-nunca-vou-desistir-de-voce/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-polemica-com-teste-de-dna-e-traicoes-sthe-vai-processar-abner/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-live-com-miley-cyrus-anitta-e-chamada-de-icone-pop-brasileiro/
Cantoras conversaram via Instagram e dançaram Rave de Favela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ajustes-deixaram-a-ranger-mais-competitiva/
Em vídeo, Antônio Meira Jr., explica o que mudou na picape da Ford
Ler Mais