Entre lesões e retornos, Amadeu projeta Vitória para sua estreia

e.c. vitória
08.08.2019, 06:30:00
Atualizado: 08.08.2019, 10:43:15
Amadeu terá retorno do zagueiro Everton Sena (Ascom / EC Vitória)

Entre lesões e retornos, Amadeu projeta Vitória para sua estreia

Leão enfrenta Paraná no sábado (10), às 19h, no Barradão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Carlos Amadeu estreia como técnico do Vitória no sábado (10), às 19h, no Barradão, contra o Paraná. Desde que chegou ao Leão, na terça-feira (6), o técnico tem vivido um quebra-cabeça diário para montar a equipe que entrará em campo.

Mas isso não significa algo negativo. A cada dia que passa, o técnico recebe mais peças para montar o seu primeiro quadro. Algo que o seu antecessor, Osmar Loss, não vivenciou.

De início, as notícias para o técnico estreante numa equipe profissional foram ruins. Ao chegar na Toca do Leão, Amadeu recebeu uma lista de desfalques certos.

Faziam parte dela o volante Léo Gomes, expulso na derrota para o Brasil de Pelotas, sábado (3), além do zagueiro Zé Ivaldo e do atacante Felipe Garcia, lesionados.

A lista não conta com atletas em recuperação há mais semanas, como o volante Rodrigo Andrade e o atacante Caíque Souza. Segundo a assessoria do Leão, o primeiro está se recondicionando fisicamente, enquanto o segundo tem sofrido com consecutivos problemas musculares.

Em sua segunda sessão de treinos, na quarta-feira (7), o comandante começou a ter boas notícias. O centroavante Anselmo Ramon, poupado do trabalho da véspera por ter sentido dor, voltou a treinar normalmente.

Mas a melhor notícia, mesmo, ficou para o setor defensivo. O zagueiro Everton Sena, ausente das últimas três partidas, finalizou os trabalhos de transição física e foi reintegrado. Se continuar em evolução, poderá ser relacionado para enfrentar o Paraná.

Por fim, Amadeu ainda tem algumas dúvidas. No treino de quarta-feira, o meia Ruy iniciou o processo de transição após se recuperar de uma lesão muscular. Se continuar evoluindo fisicamente, é outro que pode ser relacionado para a partida diante dos paranistas.

De acordo com a assessoria de comunicação do Vitória, o técnico comandou um trabalho tático e montou a provável equipe titular. A imprensa teve acesso somente ao aquecimento, tempo insuficiente para ver a escalação.

Com as opções que tinha à disposição, Amadeu deve montar a equipe com Martín Rodríguez, Matheus Rocha, Everton Sena, Ramon e Chiquinho; Baraka, Lucas Cândido e Felipe Gedoz; Jordy Caicedo, Thiaguinho e Anselmo Ramon.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas