Envolvidos no 'Barraco do Leblon' entram em acordo para evitar ação judicial

em alta
05.08.2021, 09:11:04
Atualizado: 05.08.2021, 09:18:10

Envolvidos no 'Barraco do Leblon' entram em acordo para evitar ação judicial

Dupla terá que pagar R$ 3 mil em cestas básicas

O que começou em confusão terminou em acordo judicial nesta quarta-feira (4). Os envolvidos no episódio conhecido “Barraco no Leblon”, onde duas mulheres que passeavam de biquíni em um carro conversível foram agredidas.

De acordo com o G1, após audiência realzada no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a empresária Scheila Danielle Gmack Santiago, a arquiteta Aline Cristina Araújo Silva e o empresário Maurício Barros Pitanga concordaram em encerrar a ação penal pagando, em 30 dias, a quantia de R$ 3 mil em gêneros alimentícios ou medicamentos a uma instituição escolhida pela equipe da Central de Penas e Medidas Alternativas.

Já os outros dois envolvidos na confusão, Wilton Vacari, que dirigia o veículo, e Priscilla Pacheco Dornelles, que também estava de biquíni no carro, não aceitaram o acordo. Com isso, a ação deve prosseguir para os dois por ato obsceno e violação de medida sanitária, já que estavam sem máscaras.

Barraco do Leblon
A confusão aconteceu em setembro do ano passado, quando duas mulheres passavam de biquíni em um carro conversível pela Rua Dias Ferreira, no Leblon, na Zona Sul do Rio, e tiveram o veículo atingido por uma garrafa de água arremessada por outra pessoa.

Um vídeo que registrou a confusão viralizou nas redes sociais, levando a empresária Scheila Danielle Gmack Santiago, que estava no carro, a acusar a arquiteta Aline Cristina Araújo Silva, autora da filmagem, e o empresário Maurício Barros Pitanga, que a acompanhava, por difamação, injúria e vias de fato.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas