Equador e Japão empatam, e Brasil vai pegar o Paraguai nas quartas

esportes
24.06.2019, 22:14:00
Atualizado: 25.06.2019, 09:26:58
Velasco, Nakajima e Romario Ibarra disputam a bola no Mineirão (Luis Acosta/ AFP)

Equador e Japão empatam, e Brasil vai pegar o Paraguai nas quartas

Seleção Brasileira vai encarar os paraguaios na quinta-feira, em Porto Alegre

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Brasil já sabe quem irá encarar nas quartas de final da Copa América. Será o Paraguai, que se classificou como segundo melhor terceiro colocado. Isso só aconteceu graças ao empate em 1x1 entre Equador e Japão, na noite desta segunda-feira (24), no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. 

O duelo entre brasileiros e paraguaios será na próxima quinta (27), às 21h30, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. 

Precisando do triunfo, Japão e Equador foram em busca do gol no primeiro tempo. O Japão, um pouco mais organizado, criava oportunidades, principalmente com os destaques da equipe, Kubo e Nakajima. 

O time acabou sendo premiado logo aos 16 minutos de bola rolando. Okazaki recebeu bom lançamento, dividiu com o goleiro Domínguez e a bola sobrou para Nakajima. O meia, sem pensar duas vezes, mandou para o gol. A redonda ainda beliscou o travessão antes de balançar a rede. 

Apesar de ter saído na frente, os japoneses encontraram dificuldades para segurar o resultado. Tanto que o primeiro gol equatoriano veio pouco tempo depois. Aos 34 minutos, Arboleda recebeu dentro da grande área e mandou uma bomba para uma linda defesa de Kawashima. No rebote, o meio-campista Mena mandou para o gol e igualou o placar antes do intervalo. 

O segundo tempo não teve a mesma qualidade do primeiro. Os japoneses, mesmo assim, criaram as melhores oportunidades. Nakajima, o cara da partida, até tentou, mas sem sucesso. O goleiro Domínguez conseguiu fazer boas defesas e segurou o resultado. No fim, Maeda ainda perdeu outra chance. 

Pior para os dois times, que acabaram eliminados juntos da competição.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas