Escritora Vanessa Brunt lança Depois Daquilo neste sábado (28)

variedades
28.07.2018, 05:50:00
Atualizado: 14.08.2018, 11:58:33
(Divulgação)

Escritora Vanessa Brunt lança Depois Daquilo neste sábado (28)

Com crônicas, frases e poesias intercaladas, a obra reflete sobre ética, sucesso e relacionamentos atuais

Se você está passando ou acabou de enfrentar algum momento difícil, o livro Depois Daquilo (Chiado Editora, 578 páginas) é para você. Com crônicas, frases e poesias intercaladas, a obra - que reflete sobre ética, sucesso e relacionamentos atuais - será lançada neste sábado (28), em Salvador. O evento, acompanhado de sessão de autógrafos, acontece na Livraria Cultura do Salvador Shopping, a partir das 16h.

“É um compilado de desabafos que vêm de lições e impressões do mundo contemporâneo. Em um momento em que o traído é o que leva chacota, esse é um lembrete de que, no fundo, os mais fortes são os que sentem”, resume a escritora e blogueira Vanessa Brunt, 23 anos.

(Foto: Divulgação)

Como próprio nome já diz, Depois Daquilo reflete sobre os ganhos da vida, principalmente após as perdas. “É sobre legado e sobre relações. É sobre o lembrete de que caráter não é exatamente sobre a cicatriz, mas sim sobre o que fazemos depois dela. Maturidade é não desistir de sentir”, acrescenta ela, que está finalizando a faculdade de jornalismo e faz parte da equipe de Cultura do CORREIO.

Apesar de jovem, Vanessa já lançou outros quatro livros com contos, poemas, crônicas e poesias. Ela faz parte da nova geração de jovens escritores baianos que cresceu na internet - no seu blog (semquases.com), por exemplo, publica vários textos e resenhas. 

(Foto: Reprodução)

Em seus escritos, Brunt mescla crônicas e histórias com personagens e lições de moral, além de frases (veja abaixo) - que têm tudo a ver com o formato web. “Sempre tive uma pegada confessional. Falo do que vivi, mas de uma forma mais poética. Prefiro transformar a dor em outras coisas”, explica. 

Nessa obra, entretanto, ela foi um pouco mais dura e realista. “Acabei cuspindo muita coisa. Apesar de ter metáforas, tem um lado muito literal. A dor faz parte de tudo, o que não faz parte é se acomodar com ela. Mas a gente não deve ignorar a releitura de algo só porque doeu. Às vezes, é do luto que vem a maior flor”, reflete. 

A finalização do projeto, inclusive, culminou com o término de um relacionamento conturbado. “No começo do ano, estava com uma pessoa que tinha valores totalmente diferentes dos meus. Percebi ali que amor próprio não é só a gente olhar no espelho e se aceitar: é também você se cercar de pessoas e coisas boas. Coisas que não nos desviam dos nossos princípios e sonhos”, afirma. 

A obra também faz parte do processo de autoconhecimento e reflexão da poetisa sobre as relações de hoje. “A nossa geração vive tudo muito rápido. Tem muita gente que acha que independência é sinônimo de solidão e desapego. Mas quero mostrar que somos melhores se soubermos nos entregar aos momentos. Defendo ainda que ser leve é, na verdade, levar alguma coisa de cada situação, com intensidade, e não tentar descartar para sorrir com urgência”, ressalta a escritora.

Ela reuniu ainda outras experiências pessoais relacionadas às perdas para construir a obra. “Sem exigência de uma leitura linear, os textos são frutos de vivências minhas e de trocas de conselhos com amigos e com a minha família. Por isso, creio que todo mundo vai se identificar de alguma forma”, pontua.

Outro indício de que o livro é para todas as idades é que suas inspirações vão desde a escritora Martha Medeiros até a cantora Taylor Swift: “A Marta é mais direta e a Taylor mais poética e cheia de entrelinhas. Na crônicas, você se debruça nas pequenas histórias. Entre uma e outra, há algumas frases e poemas, um pouco mais dinâmicos”, justifica.

Após o lançamento na capital baiana, Vanessa leva a obra para Bienal do Livro, dia 9 de agosto, em São Paulo. “A maior parte dos meus leitores fiéis está em São Paulo, Curitiba e no Rio de Janeiro, mas amo a minha terra e meus leitores daqui, que são muito próximos”, conta.

Serviços dos lançamentos

  • Lançamento em Salvador

Data: 28/07/2018 (sábado)
Horário: A partir das 16h
Local: Livraria Cultura do Salvador Shopping
Entrada gratuita.
Valor do livro: R$ 33 (578 páginas)
Com sessão de autógrafos.
Editora: Chiado Editora

  • Lançamento na Bienal do Livro, em São Paulo

Data: 09/08/2018 (quinta)
Horário: A partir das 16h
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi (no stand da Chiado Editora)
Ingresso para entrada no evento: R$ 12,50 (meia) | R$ 25 (inteira)
Valor do livro: R$ 33 (578 páginas)
Com sessão de autógrafos.
Editora: Chiado Editora


Relacionadas
Correio.play
Triunfo no amistoso valeu o título de campeão do torneio "Superclássico"
Ler Mais
Uma das razões tem relação com a independência
Ler Mais
Valor mensal para pagar escola será de R$ 260 por aluno
Ler Mais
Zagueiro de 19 anos retorna à Toca do Leão nesta quarta-feira
Ler Mais
Além da capital baiana, unidade de Belo Horizonte também vai fechar
Ler Mais
David Duke, nome mais conhecido do grupo racista, disse que candidato 'soa como nós'
Ler Mais
Antes do Vitória, atacante vivia jejum de mais de um ano sem marcar
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/samsung-lanca-tablet-focado-em-produtividade-por-r-4299/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/passageira-relata-desespero-e-gritaria-em-aviao-atingido-por-raio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/motorista-que-prendeu-perna-de-passageira-vai-responder-processo-administrativo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cosmetico-a-base-de-arroz-protege-contra-poluicao-e-luz-azul/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/irmao-de-ciro-gomes-chama-petistas-de-babacas-e-diz-que-pt-merece-perder/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/motorista-de-onibus-que-prendeu-perna-de-passageira-e-afastado/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cantor-da-banda-adao-negro-e-assaltado-no-caminho-das-arvores-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/motorista-prende-perna-de-passageira-em-porta-de-onibus-em-salvador/