Especialistas dão dicas para aproveitar o Feirão da Caixa

Imóveis
26.05.2017, 14:55:00

Especialistas dão dicas para aproveitar o Feirão da Caixa

Entre as orientações estão fazer um bom planejamento financeiro e visitar o imóvel ofertado antes de fechar a compra

Apesar das ofertas do Feirão, o consumidor deve se atentar ao orçamento a fim de evitar contratempos no decorrer do financiamento. Para o advogado Marcelo Tapai, especialista em direito imobiliário, o ideal é não fechar o negócio por impulso. “Mesmo que o imóvel pareça ser perfeito, com taxas e prazos bem acessíveis, é preciso refletir sobre a proposta e pesquisar para saber se está, de fato, fazendo uma compra segura e com o melhor custo-benefício”, adverte. 

Obter informações de quem comprou ou da localização, infraestrutura e serviços do empreendimento é também outra dica. “Se o imóvel está pronto, visite. Se não, saiba de quem está comprando, cheque o comportamento da empresa no mercado, se ela entrega no prazo e o próprio acabamento usado na unidade. Esteja bem assessorado, converse com advogados e corretor de confiança. É importante também checar a localização e principalmente a segurança”, orienta o vice-presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Bahia (Creci-Ba), José Alberto de Vasconcellos.

Ainda segundo o presidente, o momento é favorável para compra de imóveis, porque os próximos empreendimentos devem ter preços mais altos. “No decorrer dos últimos três anos os preços foram ajustados e estão em conta para fechar negócio agora. Os novos lançamentos vão nascer fatalmente mais caros, porque houve reajuste nos insumos e o valor da mão de obra não baixou”, completa.

Veja outras dicas:

- Negocie: veja junto com as construtoras bônus na hora de fechar o negócio. É possível obter isenções no imposto de transferência, desconto no condomínio ou ganhar acabamentos.

- Reserva: antes de assinar contrato, a pessoa deve estar ciente de que, caso fique desempregada, precisa ter uma reserva separada apenas para pagar as parcelas do financiamento. Caso contrário, pode perder o que pagou e ter o imóvel leiloado. 

- Localização: Veja a localização da unidade no condomínio, unidades em andares baixos, próximos a áreas de lazer, onde não bate sol ou de frente para ruas muito barulhentas, tendem a custar mais barato e podem ser usadas como referência de preços;

- Conheça antes: procure visitar a região do empreendimento antes e veja se aquele desconto, que parece ótimo, realmente é bom ou se não há outras promoções similares ou até melhores nas redondezas;

- Converse com moradores: no momento da compra, você terá como base uma maquete bonita, mas, quando entrar no imóvel, poderá ter várias surpresas desagradáveis, como paredes tortas, pisos desnivelados e instalações que não funcionam;

- Histórico: antes da compra, verifique o CNPJ da empresa no Procon, histórico de queixas da construtora em sites de reclamação ou do Tribunal de Justiça.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas