'Estou adaptado e espero estrear bem', projeta Leandro Silva

e.c. vitória
09.09.2020, 16:08:00
Atualizado: 09.09.2020, 21:45:03
Lateral Leandro Silva pode estrear contra o Cruzeiro (EC Vitória / Divulgação)

'Estou adaptado e espero estrear bem', projeta Leandro Silva

Apresentado oficialmente como jogador do Vitória, lateral pode jogar contra o Cruzeiro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Quem é o lateral direito titular do Vitória em 2020? O torcedor rubro-negro seguramente terá dificuldade para responder a essa pergunta apesar de já estarmos em setembro. Não à toa. A posição já foi defendida nesta temporada por quatro jogadores e nenhum deles se firmou nela. O quinto candidato pode ter a primeira oportunidade no jogo contra o Cruzeiro, sexta-feira (11), às 21h30, no Mineirão, pela 9ª rodada da Série B.

"Me reconheço como um lateral moderno que sabe marcar muito bem, atacar muito bem também e tem um bom passe, que é o cruzamento", se apresentou o recém-contratado Leandro Silva durante a primeira entrevista oficial como jogador do Vitória, concedida após o treino desta quarta-feira (9). "A prioridade de um lateral primeiro é a marcação, mas sou acostumado a fazer as duas funções, tanto defender quanto atacar também", completa.

Leandro Silva vai tentar suprir as lacunas deixadas por Van, Léo, Jonathan Bocão e Wellisson. Titular diante do Cuiabá, na rodada anterior da Série B, Bocão foi quem teve mais oportunidades. Ele atuou em 14 dos 30 jogos disputados pelo Vitória na temporada, sendo titular em 12 deles. O posto entre os 11 iniciais era de Van até ele se machucar. Ele não joga desde o dia 25 de julho, quando o rubro-negro foi eliminado pelo Ceará da Copa do Nordeste. De lá pra cá, tenta se recuperar de uma lesão na coxa.

Revelados na Toca do Leão, Léo e Wellisson foram os que menos jogaram. Depois de defender outros clubes, Léo retornou à Toca do Leão em março, pouco antes da paralisação dos campeonatos em função da pandemia de coronavírus. No pós-retorno, ele foi titular em duas partidas do Campeonato Baiano. Atualmente, está fazendo tratamento por causa de um incômodo na coxa direita. Wellison nunca defendeu outras cores e foi titular nas sete partidas feitas pelo já extinto time de aspirantes no estadual durante o primeiro trimestre. Apesar de ter sido promovido ao elenco principal, não tem sido aproveitado nem mesmo entre os reservas.  

Contratado há duas semanas, Leandro Silva esteve no banco no jogo contra o Cuiabá e pode aparecer como titular diante do Cruzeiro. "O grupo é muito bom, a comissão técnica também. Estou bem adaptado. Se o professor precisar de mim contra o Cruzeiro, espero estrear muito bem", projetou o lateral. "Os outros jogadores são de qualidade. Quem tem a ganhar é o Vitória. Estou vindo para ajudar, para ser mais um, lógico que com uma experiência maior na bagagem, mas isso não entra em campo".

Leandro Silva tem 31 anos e jogou as últimas duas temporadas no América-MG. No ano passado, ele disputou 31 partidas da Série B com a camisa da equipe mineira, marcou dois gols e ficou bem perto de comemorar o acesso. O Coelho terminou em 5º lugar, com um ponto a menos que o Atlético-GO, que ficou com a última vaga para a primeira divisão. A experiência gerou aprendizado. 

"A gente teve uma experiência no começo do campeonato muito ruim pelo América-MG, um início muito ruim. Isso que nos afetou no acesso. O que tiro de lição é o começo. A gente tem que ir forte. Não foi o último jogo contra o São Bento que não nos consagrou com o acesso, foram os jogos anteriores que a gente pecou. O começo do Brasileiro é muito importante. Esperamos fazer esse começo muito bom. Os resultados estão vindo. Dentro de casa a gente tem que ser forte e buscar pontos fora de casa também. Isso que vai nos fortalecer no final do campeonato para buscar o acesso", afirmou Leandro Silva. Com 13 pontos, o Vitória é o 8º colocado da Série B.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas