Estudante da UFRB é morta a tiros em Cachoeira; ex-namorado é suspeito

bahia
28.11.2019, 07:24:51
Atualizado: 28.11.2019, 13:39:57

Estudante da UFRB é morta a tiros em Cachoeira; ex-namorado é suspeito

Universidade decretou luto oficial de três dias pela morte da aluna

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foto: Reprodução/TV Bahia

A estudante do 7º semestre do curso de Serviço Social Elitânia de Souza da Hora, 25 anos, foi assassinada às 22h50 desta quarta-feira (27) em Cachoeira, no Recôncavo da Bahia. Elitânia era estudante da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e foi morta a tiros, segundo informações preliminares da Polícia Civil, pelo ex-namorado na Rua do Fogo, que fica perto da instituição, no Centro da cidade. 

O autor não foi preso até o momento da publicação dessa reportagem. Em nota, a UFRB informou que decretou luto oficial de três dias pela morte da estudante e lamentou "as terríveis circunstâncias do crime" e pede Justiça. "As terríveis circunstâncias do crime contra Elitânia causam tristeza e indignação de toda a comunidade acadêmica. A UFRB deposita sua confiança nas autoridades para que a justiça seja feita", disse a instituição de ensino (veja nota abaixo).

A Polícia Militar, em nota, informou que por volta das 23h de quarta-feira (27), a PM foi acionada sobre um homicídio de uma jovem de 25 anos, atingida por disparos de arma de fogo na cidade de Cachoeira.  "A guarnição da 27ª CIPM foi ao local e recebeu a informação que a vítima foi socorrida por prepostos da Polícia Civil para o hospital local, onde não resistiu aos ferimentos", disse a polícia. 
 

Foto: Reprodução/TV Bahia

Confira a nota na íntegra:

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Reitoria e da direção do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento da estudante Elitânia de Souza da Hora, do sétimo semestre do curso de Serviço Social, na noite desta quarta-feira, dia 27 de novembro.

As terríveis circunstâncias do crime contra Elitânia causam tristeza e indignação de toda a comunidade acadêmica. A UFRB deposita sua confiança nas autoridades para que a justiça seja feita.

O Vice-Reitor, no exercício da Reitoria, declara luto oficial de três dias na UFRB e a suspensão das aulas no Centro de Artes, Humanidades e Letras na data de hoje.

A Universidade está em contato com a família para prestar a devida assistência.

Ao registrarmos nossas condolências, manifestamos apoio e solidariedade aos amigos e familiares e a toda comunidade acadêmica.

Cruz das Almas, 28 de novembro de 2019.

José Pereira Mascarenhas Bisneto
Vice-Reitor no exercício da Reitoria.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas