Estudo diz que espirro pode espalhar vírus por até oito metros

coronavírus
01.04.2020, 18:17:00
Atualizado: 01.04.2020, 18:28:08
Recomendação da OMS é de que as pessoas mantenha distância mínima de 1 m uma das outras (Foto: AFP )

Estudo diz que espirro pode espalhar vírus por até oito metros

Espaço percorrido é maior que o recomendado para o distanciamento entre pessoas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Manter-se a uma distância entre 1 m e 2 m de outras pessoas é uma das recomendações das autoridades de saúde para evitar a transmissão do novo coronavírus entre indivíduos através das gotículas de saliva expelidas quando falamos, tossimos ou espirramos. Mas essa medida pode ser insuficiente para evitar o contágio.

Um artigo da cientista Lydia Bouroubia, do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussetts), publicado no periódico Jama aponta que a distância indicada pode não ser suficiente para impedir a contaminação. De acordo com o estudo, as partículas jogadas no ar após um espirro, por exemplo, podem viajar por uma espaço maior. 

Segundo o estudo, a nuvem gasosa que é liberada durante o espirro pode carregar gotículas por até oito metros. Isso explicaria, por exemplo, partículas do novo coronavírus encontradas em lugares como sistemas de ventilação em salas de hospitais com pacientes contaminados na China. 

A cientista aponta ainda que essa nuvem se movimenta pelo ambiente e pode carregar o vírus para várias direções. Como o estudo não é recente, especialistas alertam que é preciso saber a quantidade da covid-19 que uma nuvem de espirro poderia carregar e se essa quantidade é suficiente para infectar uma superfície ou ser humano. 

Neste momento, as recomendações de distanciamento entre as pessoas não deve sofrer alterações, mas os médicos reafirmam que as principais práticas para evitar a proliferação do vírus são ficar em casa, manter uma rotina rígida de lavar as mãos e ter cuidado com a roupa ao chegar da rua. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas