EUA condenam último ataque com mísseis contra base iraquiana

mundo
12.01.2020, 20:17:00
Atualizado: 12.01.2020, 20:22:30
(AFP)

EUA condenam último ataque com mísseis contra base iraquiana

Ataque deixou quatro feridos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Mike Pompeo, disse neste domingo (12) estar "indignado" por um novo ataque com mísseis contra uma base iraquiana que abriga soldados americanos, enquanto o vizinho Irã sinalizou para uma redução das tensões no Oriente Médio.

O ataque realizado neste domingo contra a base aérea de Balad, no norte do Iraque, deixou quatro feridos.

"Indignado pelas notícias de um novo ataque com mísseis contra uma base aérea iraquiana", declarou Pompeo. "Essas repetidas violações à soberania do Iraque por grupos opostos ao governo iraquiano devem cessar", acrescentou.

As Forças Armadas iraquianas disseram em comunicado que oito foguetes Katyusha foram disparados contra a base, que fica cerca de 80 quilômetros ao norte da capital Bagdá.

A origem dos disparos não foi informada.

A escalada de conflito entre EUA e Irão aumentou depois que um ataque ordenado pelo presidente Donald Trump matou o principal general iraniano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas