Evento 'Pedala com a gente' promove passeio ciclístico em Salvador

salvador
10.04.2022, 13:33:00
(Foto: Paula Fróes/ CORREIO)

Evento 'Pedala com a gente' promove passeio ciclístico em Salvador

Primeira edição do projeto tem 950 ciclistas inscritos

Quem passou cedinho pelo bairro dos Barris, em Salvador, no domingo (10), pôde perceber o mar de bicicletas que se concentrava na garagem da sede da Transalvador. Antecipando a celebração ao Dia Internacional do Ciclista - comemorado no dia 15 de abril - o órgão promoveu a primeira edição do passeio ciclístico ‘Pedala com a gente’.   

Com capacete, luvas, óculos escuros e suas melhores bicicletas, os 950 ciclistas inscritos no projeto se preparavam para iniciar o passeio reunidos em duplas, grupos de pedal e com membros da família.

Ednei Barroso em sua bicicleta adaptada durante o passei ciclístico 'Pedala com a gente' (Foto: Paula Fróes/ CORREIO)

Ednei Barroso, de 38 anos, perdeu a mobilidade das pernas há alguns anos, mas nem por isso deixou de fazer o que ama: pedalar. Por causa da paraplegia, ele precisa usar uma bike adaptada que lhe dá a liberdade que busca através do esporte. "A expectativa para hoje está altíssima, devagarinho eu estou colando com o grupo da galera do Uruguai. Eu moro em Plataforma, fui de lá até o Uruguai e agora para cá, e vou até o final do percurso. Para mim, o pedal é a forma que eu encontro de retomar minha liberdade", conta.

Em grupo, com os Falcões no Pedal, Josenice Silva, 47, sempre participa de eventos ligados à bicicleta porque acredita ser um dos melhores modais de transporte para se locomover em uma cidade. “Nosso grupo existe há cinco anos e resolvemos nos unir para incentivar e mudar a ideia de que só transporte coletivo ou particular é bom. Nós acreditamos que o pedal é o melhor para a cidade”, comenta Josenice. 

Para participar do percurso de 13 km, contabilizando a saída a partir da sede da Transalvador, com destino ao Farol da Barra, e o retorno aos Barris, os ciclistas receberam kits de lanche e coletes para identificação, assim como uma plaquinha especial para apregoar na bike.

O superintendente da Transalvador, Marcus Passos, comentou sobre a importância de ações como essa para a promoção do meio de transporte e para garantir a segurança dos ciclistas através da criação de espaços destinados ao tráfego das magrelinhas. 

"Foi uma grande surpresa o tamanho da adesão que tivemos e, ao longo de 10 anos, Salvador tem criado estrutura para isso. Saímos de 30 km de ciclovia em 2013, para 310 km em 2022. A Transalvador, junto com a prefeitura, vem democratizando os espaços públicos que eram muito pensados apenas para os veículos", destaca o superintendente.  

Além de Passos, compareceu o vereador André Fraga, também envolvido em projetos para fomentar espaços destinados à prática do esporte. “Uma parte do que as pessoas apontam como receio de andar de bike é a segurança, então esse trabalho realizado pela Transalvador é fundamental para que o ciclista seja respeitado e esteja seguro”, ressalta Fraga.

Mateus, Miranda e Morena Salvador no passeio ciclistico 'Pedala com a gente' (Foto: Paula Fróes/ CORREIO)

Mateus e Miranda Salvador estavam presentes com a filha. Com apenas 7 anos, Morena Salvador pedala 50 km com os pais. Eles participavam de um grupo de pedal, mas preferiram sair para seguir o ritmo dela. Agora, estão sempre buscando coletivos de ações como o ‘Pedala com a gente’ para integrar a menina. 

“Saímos do grupo, porque a maioria, de homens, começou a querer escorar minha filha, ou seja, enquanto eles pedalam, querem suas esposas em casa cuidando dos filhos, mas eu não aceito isso, onde cabe a mim, cabe minha filha, principalmente no esporte, que é para todos”, conta Miranda.

Para Morena, o esporte é algo que ela não quer deixar de praticar nunca. “Eu saio um pouco de casa, brinco, faço atividade física e posso andar com os meus pais”, explica porque gosta tanto. Assim como deseja que o esporte seja para todos, Miranda também acha importante participar de causas sociais, por isso, fez questão de levar alimentos a ação beneficente que aconteceu no local.

Além do passeio, como forma de ajudar instituições beneficentes da cidade, os participantes puderam levar 1 kg de alimento não perecível, cujo total arrecadado será doado, pelo 'Pedala com a gente', à instituições sociais.

A inscrição para participar foi gratuita e realizada através do site da Transalvador, para pessoas de todas as idades. De acordo com Passos, é possível que a segunda edição do passeio seja planejada para ocorrer ainda este ano.  

*Com orientação da subchefe de reportagem Monique Lôbo
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas