Ex de Kannário desabafa sobre traições: 'deu em cima de minha amiga no meu aniversário'

em alta
19.05.2021, 09:16:32
(Foto: Reprodução)

Ex de Kannário desabafa sobre traições: 'deu em cima de minha amiga no meu aniversário'

Deputado teria criado um perfil falso para dar em cima da ex

Laíza Mattos, ex-mulher do cantor e deputado federal Igor Kannário, voltou a desabafar sobre a relação com o ex-marido, novamente citando as traições sofridas. A modelo também revelou, nesta terça-feira (18), que o Príncipe do Guetto criou um perfil falso para dar em cima dela.

De acordo com Lai, o 'fake' de Kannário teria tentado contratá-la como modelo para uma suposta campanha de Dia dos Namorados. No entanto, o 'contratante' teria deixado subentendido que estaria interessados em serviços sexuais da moça.

“Tem uma semana, mais ou menos, que tem um contratante falando com a minha sócia, que queria fazer um ensaio fotográfico do Dia dos Namorados, de lingerie. Ela passou o valor tudo bonitinho, ai a pessoa perguntou se dava beijo na boca, depois queria saber o preço da presença VIP, como a gente sempre faz com o contratante. Só que aí começou a ficar estranho, ele perguntou quanto ficaria para ser o dia todo”, relatou.

Laíza ainda deu mais detalhes das traições sofridas por Kannário, relembrando uma história de quando o cantor teria dado em cima de sua melhor amiga durante o aniversário de Lai.

“Algumas eu descobri, uma ou duas, e a gente separou. Só que eu nunca vim aqui na internet, nunca fui de expor briga, nada. Eu perdoei, voltei. Só que assim, não foram uma ou duas, e não foram simplesmente algumas traições. Traiu com pessoas que ele me apresentava como amiga. Podem falar ah, mas perdoou porque quis, eu sempre vou acreditar que as pessoas podem mudar, sempre vou acreditar no melhor das pessoas, e isso nenhum filho da mãe vai mudar”, falou nos vídeos.

A ex-companheira afirmou que expor o cantor foi a única forma de fazê-lo parar. "É a única forma de você entender que não vai ter mais volta. Se eu não fizer isso, ninguém nunca vai saber quem ele é. Porque nem eu sabia quem ele era. Eu estava há quase 5 anos com uma pessoa desconhecida. Nunca precisei de um real dele”.

“Ele queria saber como eu estava pagando as minhas contas, porque ele não me deu um real. Eu saí de casa e ele não me ajudou em nada, mal ajuda com o filho. Ele quer que eu volte, até hoje mais cedo ele tava pedindo para voltar comigo, dizendo que não vive sem mim”, afirmou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas