Ex-figurinista da Globo encontra inspiração no litoral para criar coleções sustentáveis

entre
04.09.2021, 11:00:00
Thanara deve lançar outras novas peças até o final do ano (Foto: Murilo Bitencourt/ Divulgação)

Ex-figurinista da Globo encontra inspiração no litoral para criar coleções sustentáveis

Peças (im)perfeitas: 'figurino da vida real', com criações de Thanara Schonardie misturam o artesanato de Praia do Forte e o reaproveitamento de materiais

No dia seguinte após terminar as gravações de um filme, a arte figurinista Thanara Schonardie chegou a Bahia. Quinze dias férias na Praia do Forte foram mais que suficientes para ela fazer morada no Litoral Norte. Era o final do ano de 2018 quando essa história começou. Foram quatro meses sem querer voltar para o Rio de Janeiro, onde trabalhava como figurinista para produções de cinema e novelas.  

Não é cena de ficção, mas tem coisas que só a arte explica: “O mar daqui abraça como nenhum outro que conheci. Senti que aqui poderia ampliar a busca da identidade para além do universo dos personagens fictícios, trazendo para o dia a dia e o comércio novas experiências no vestir. Percebi que a distância não me impediria de continuar a realizar meu trabalho, pelo contrário, estar aqui abriria novas possibilidades. Fui até o Rio, busquei minha mudança e fixei residência em terras baianas”, recorda.

Natural de Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, Thanara estudou Moda, Publicidade e Jornalismo na universidade local até ir para o Sudeste, onde passou a vender suas peças em feiras de moda criadas para novos estilistas. Foi aí que ela começou a atuar como figurinista para televisão, filmes e peças de teatro, assinando trabalhos que tiveram visibilidade nacional como a novela Meu Pedacinho de Chão (2014), a minissérie Dois Irmãos (2015), a novela Velho Chico, na Rede Globo (2016), além do longa-metragem A Paixão Segundo G.H. (2018), que tem previsão de lançamento em 2022. 

“Também vim atrás de um desejo de trabalhar mais de perto com o artesanato desenvolvido em regiões específicas do país. Aqui, no caso, o trançado da palha de piaçava. Conhecer melhor os grupos, as motivações desses artesãos em dar continuidade a técnicas ancestrais e buscar a valorização disso, nos dias atuais”, conta. 

Manual e artesanal 
E é esse olhar que ela reproduz nas edições limitadas de diferentes produtos na área de moda, trabalhados manualmente, em escala artesanal. A ideia que surgiu durante a pandemia tem como proposta ressignificar materiais e objetos de uso cotidiano – sobretudo, os descartados - e o quanto tudo isso pode ser incorporado em novas peças. 

“O processo de criação é bem livre, às vezes um objeto encontrado em uma caminhada na praia faz surgir ideias para uma coleção inteira. A principal inspiração é sempre a observação do meio. São coleções que proporcionam experiências sensoriais levantando questionamentos sobre formas de produção, consumo e construção de identidade pessoal a partir da aparência e a comercialização dos produtos”, explica. 

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Cada coleção tem de 10 a 20 peças, vendidas no perfil do Instagram da arte figurinista (@thanaraschon). Os preços variam de acordo com o tempo de produção e materiais utilizados. Entre as criações de Thanara estão as camisas de linho bordadas, a Coleção de Bolsas Tempos Simultâneos, além da Coleção Imperfeita Bolsas Imprevisíveis e a Imperfeita Vestidos que se Transformam. 

“Senti a necessidade de aplicar a criatividade em outros setores diferentes da arte, então me propus a fazer isso em áreas que me interessam e preocupam, como o resgate das técnicas artesanais, questões voltadas à identidade, cultura, consumo e sustentabilidade.  As bolsas Tempos Simultâneos, por exemplo, trazem a composição de peças do passado, garimpadas em antiquários de diversas partes do mundo, com a arte ancestral Tupinambá, integrando culturas e tempos”, detalha. 

Reciclável
Se tudo se transforma, a moda também se resignifica, como defende Thanara. “Gosto muito das etiquetas que acompanham as bolsas imprevisíveis da coleção imperfeita. São pedaços de resíduos coletados na praia, onde está escrita a palavra ‘oceanize-se’,  aplicados em local de destaque na peça, com a intenção de que não sejam descartados como normalmente acontece com as etiquetas. O selo lembra que todos somos responsáveis pelo que consumimos e descartamos. Isso me deixa muito feliz, pois o objetivo do trabalho é justamente esse”. 

Ao romper com o conceito de um produto cheio de idealizações de perfeição, as coleções imperfeitas criadas no contato com a natureza, culturas e histórias da Praia do Forte esgotam rapidamente, o que leva a figurinista a desenvolver novas coleções  a cada três meses. Até o final do ano, devem vir por aí novas séries de camisaria em linho, vestidos e bolsas, além das camisetas. Na última semana, ela acabou de receber o convite de um investidor para a montagem de um ateliê sob medida em Praia do Forte. 

“Se um artista não propuser ao mercado o lançamento de uma coleção imperfeita, enfrentando o desafio de desconstruir certos padrões, um empresário com objetivos voltados para o lucro com certeza não o fará. Serão várias novidades. Todas elas frágeis, vulneráveis e imperfeitas”, garante.


QUEM É

Thanara Schonardie é formada em Moda, Publicidade e Jornalismo. Ex-figurinista da Rede Globo, é criadora da Coleção de Bolsas Tempos Simultâneos, além da Coleção Imperfeita Bolsas Imprevisíveis e a Imperfeita Vestidos que se Transformam, trabalho que começou a empreender durante a pandemia, valorizando o artesanato do Litoral Norte baiano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas