Ex-ponta, Iury aposta na ofensividade para se firmar no Vitória

esportes
27.01.2022, 16:51:00
Iury durante treino na Toca do Leão (Pietro Carpi/EC Vitória)

Ex-ponta, Iury aposta na ofensividade para se firmar no Vitória

Ele e Alemão disputam a titularidade da lateral direita rubro-negra

Ele começou a temporada no banco de reservas, mas logo teve a chance de vestir a camisa de titular do Vitória e não a desperdiçou. Iury deu a assistência para o gol de Eduardo, que garantiu o triunfo contra o Barcelona de Ilhéus na rodada passada do Campeonato Baiano, o primeiro do Leão na temporada. "Venho para buscar meu espaço e ajudar o Vitória. Esse ano já veio a primeira assistência e espero conseguir outras", projetou o jogador.

Iury trava uma disputa com Alemão pela titularidade na lateral direita do Vitória. Alemão foi o escolhido pelo técnico Dado Cavalcanti para a estreia do estadual, quando o rubro-negro empatou em 1x1 com a Juazeirense, mas apresentou um desconforto muscular na coxa na sequência e foi vetado pelos médicos. Assim, Iury assumiu o posto e agradou. 

Recuperado, Alemão voltou a treinar com o elenco nesta quinta-feira (27) e deve ficar à disposição de Dado Cavalcanti para o jogo das 16h de sábado (29), contra a Jacuipense, no Barradão. Ainda assim, a tendência é que Iury comece em campo. 

Lateral com características ofensivas, ele pretende usar os pontos fortes para ganhar a disputa. "Sou um lateral que gosta de apoiar bastante. Gosto de ajudar com assistências. Se der uma brecha, dentro do que a gente está treinando, também posso aparecer dentro da área um pouco. Se tudo permitir, posso fazer gols para ajudar a equipe", vislumbrou. 

E ele está acostumado a jogar perto da trave adversária. No Goiânia, clube que o revelou, Iury atuava como atacante pelos lados do campo. "Quando eu comecei minha carreira eu era ponta e um treinador lá de Goiânia, de onde eu sou, viu que eu tinha muita força e resistência, aí me adaptou para a lateral', contou.

"Acabou que em duas equipes que passei, Salgueiro e Avaí, os treinadores tiveram as suas baixas e, pelas características, perguntaram se eu faria a posição e eu pude ajudar também de ponta. Fico tranquilo, porque o ponta, hoje em dia, querendo ou não, ajuda a marcar na linha central e também finaliza jogadas", completou. 

Iury pode até balançar a rede, mas sabe que precisar desempenhar bem a função na lateral para se manter como titular na posição. Ele aponta o caminho para ganhar a disputa pela camisa vermelha e preta.

"Acredito que tenho que continuar fazendo o que eu fiz. Bastante entrega, dedicação. Buscar fazer o que minha posição propõe. Ajudar os companheiros com assistências, ajudar a linha de defesa marcando bem. Acho que isso que vai me ajudar a conseguir a vaga de titular. Tudo dentro de uma disputa saudável, tenho um companheiro que também é bastante rodado, o Alemão. Espero que a gente faça uma disputa boa para ajudar o Vitória", projetou.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas