Fase 2

olhares
11.08.2020, 19:52:16
As academias voltaram a funcionar com capacidade reduzida de alunos. (Arisson Marinho/CORREIO)

Fase 2

A segunda fase da reabertura econômica de Salvador começou essa semana e já tem muita gente aproveitando o funcionamento das academias e salões de beleza.
Dentre as novas regras e adaptações, para entrar na academia será obrigatório passar álcool em gel, ter a sua temperatura medida e passar por uma catraca sem o uso da digital.
Dentre as novas regras e adaptações, para entrar na academia será obrigatório passar álcool em gel, ter a sua temperatura medida e passar por uma catraca sem o uso da digital. (Arisson Marinho/CORREIO)
Para que fosse respeitado o distanciamento exigidos nos protocolos, as academias tiveram que interditar equipamentos ou retirar do local anterior ao da pandemia.
Para que fosse respeitado o distanciamento exigidos nos protocolos, as academias tiveram que interditar equipamentos ou retirar do local anterior ao da pandemia. (Arisson Marinho/CORREIO)
Salões de beleza também foram autorizados a retomar as atividades.
Salões de beleza também foram autorizados a retomar as atividades. (Arisson Marinho/CORREIO)
Mais de 30 mil estabelecimentos - entre bares, restaurantes, salões de beleza e academias de ginástica - voltaram a funcionar nesta segunda fase de retomada da economia em Salvador.
Mais de 30 mil estabelecimentos - entre bares, restaurantes, salões de beleza e academias de ginástica - voltaram a funcionar nesta segunda fase de retomada da economia em Salvador. (Arisson Marinho/CORREIO)
Salões de beleza só podem abrir a partir das 10 horas da manhã.
Salões de beleza só podem abrir a partir das 10 horas da manhã. (Nara Gentil/CORREIO)

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas