Feira de Santana mantém saldo positivo de empregos pelo 8º mês seguido

bahia
06.04.2021, 15:54:20
(Arisson Marinho/CORREIO)

Feira de Santana mantém saldo positivo de empregos pelo 8º mês seguido

Segundo o Novo CAGED, foram realizadas 4.316 admissões e 2.756 desligamentos, resultando em um saldo de 1.560 novos postos de trabalho no mês de fevereiro

A cidade de Feira de Santana seguiu com saldo positivo de empregos celetistas pelo oitavo mês consecutivo, segundo dados levantados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo CAGED). 

Foram realizadas 4.316 admissões e 2.756 desligamentos, resultando em um saldo de 1.560 novos postos de trabalho no mês de fevereiro, ocupando, mais uma vez, a segunda posição em relação à geração de postos de trabalho dentre os municípios baianos.

Feira de Santana vem apresentando resultados positivos na geração de emprego formal desde julho de 2020 e, ainda, no mês de fevereiro a geração de novos postos de trabalho foi mais expressiva do a verificada em janeiro, apesar do contexto de incerteza em meio à pandemia da covid-19.

O estoque de emprego formal no mês de fevereiro, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos no momento, contabilizou-se um total de 115.707 vínculos, o que representa 6,66% do estoque de emprego da Bahia e aproximadamente 18,7% da população local. 

Quando comparado ao estoque de fevereiro de 2020, período anterior a pandemia, nota-se uma variação positiva de 2,32% no nível de emprego, passando de 113.081 postos para os atuais 115.707.

"Embora o cenário econômico local tenha sido surpreendentemente positivo nos últimos meses, uma vez que ainda estamos no contexto de uma severa crise sanitária, o cenário prospectivo para o mercado de trabalho em Feira de Santana permanece desafiador, especialmente para as atividades informais que não são captadas pelo Novo CAGED", afirma o boletim do programa Conhecendo a Economia Feirense: o custo da cesta básica e indicadores socioeconômicos, da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

Considerando o comportamento por setor da atividade, observa-se que em fevereiro houve a manutenção do saldo positivo em todos os grandes setores, exceto na Agropecuária. Serviços e Comércio se mantiveram como destaques positivos do mês. 

O Setor de Serviços apresentou o maior saldo positivo no mês (803), seguido pelo Comércio (405), Indústria (313) e Construção Civil (41). O saldo da Agropecuária foi levemente negativo (-2).

"Ressalta-se que, o setor de serviços foi um dos mais abalados pela pandemia do coronavírus e tem mostrado uma significativa recuperação nos últimos meses, embora seja um setor amplamente dependente de contato presencial e de maior mobilidade", explica o boletim. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas