Feira: suspeito de participar de morte de comerciante em assalto é preso

bahia
07.10.2021, 13:54:00
Material apreendido na ação (Divulgação)

Feira: suspeito de participar de morte de comerciante em assalto é preso

Outros dois homens foram presos por tráfico na ação da polícia

Três homens foram presos na quarta-feira (6) durante uma operação para prender suspeitos pela morte do comerciante José Antônio Santos Freitas, em Feira de Santana, no último dia 30. Um dos presos ontem também esteve envolvido no crime, segundo a Polícia Civil.

Batizada de Operação Vaqueiro, a ação foi conduzida pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Feira e apreendeu uma pistola 9 mm, com 19 munições, três quilos de maconha, 15 papelotes de cocaína, 25 pinos e duas pedras da mesma droga, a quantia de R$ 465, duas balanças de precisão e uma TV, além de 18 munições de diferentes calibres. As equipes passaram por três bairros da cidade.

Segundo o delegado André Luís Ribeiro, titular da DRFR de Feira, todos os presos foram autuados em flagrante por tráfico, incluindo o que é suspeito de envolvimento na morte do comerciante. “Ele estava com 25 pinos de cocaína e munições”,diz. Os outros dois também foram encontrados com as drogas. 

O material deve ser submetido à perícia, no Departamento de Polícia Técnica (DPT). O trio está à disposição da Justiça. “A investigação está em andamento para a elucidação do crime”, acrescenta o delegado

Crime
José Antônio, de 57 anos, foi baleado e morreu durante um assalto em um bar na Travessa Petrolina, no Jardim Cruzeiro. Conhecido como Pimpão, ele morava no mesmo bairro onde o crime aconteceu. Segundo testemunhas, a vítima teria reagido e foi baleada na cabeça. Os dois suspeitos fugiram. Uma pessoa ficou ferida e foi socorrida para uma unidade de saúde.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas