Feminicídio: jovem é morta pelo namorado após briga por uso biquíni

brasil
17.11.2021, 21:02:47

Feminicídio: jovem é morta pelo namorado após briga por uso biquíni

Rapaz ordenava que jovem, de 19 anos, não usasse peça de banho

Uma jovem de 19 anos vítima de um feminicídio pelo namorado, de 18, que a matou a tiros na cidade de Aparecida de Goiânia, em Goiás. De acordo com informações da Polícia Civil de Goiás (PCGO), a briga, que terminou com o assassinato da moça, foi motivada por ciúme excessivo do rapaz, que não a deixava usar biquíni.

Em entrevista ao portal Metrópoles, o delegado Hudson Benedetti, responsável pela apuração do caso, contou que jovem foi morta no dia 15 de novembro. Na data do crime, o casal estava em uma chácara, com familiares, e teria terminado o relacionamento após uma séria discussão.

“Conforme a investigação e confirmado por familiares que prestaram depoimento hoje (17), eles estavam em uma chácara e teriam discutido por ciúmes, o rapaz tinha um comportamento possessivo. Em razão disso, eles terminaram o relacionamento. Mais tarde, o jovem foi até a casa dela para tirar satisfações, já armado e, lá, familiares separaram a briga. Ele já havia feito alguns disparos”, disse o delegado à reportagem.

“No entanto, segundo os familiares, ela era muito submissa ao namorado e, não acreditando que ele a mataria, ela fez contato com ele e marcaram um encontro próximo à casa dela. Pelas imagens dá para ver que ela vai em direção ao carro e ele dispara. Foram cinco tiros, dois atingiram a cabeça e três o tórax. Ela morreu na hora”, completou o Benedetti.

Após matar a namorada, o jovem fugiu para a casa de um tio, onde foi preso. Benedetti afirma que o jovem deve responder pelos crimes de feminicídio, porte de arma e tráfico de drogas, já que a Polícia Militar encontrou 18 tabletes de maconha na residência do rapaz.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas