Feriados antecipados fecham serviços não essenciais em Salvador; veja

salvador
24.05.2020, 07:30:00
Atualizado: 24.05.2020, 18:11:26

Feriados antecipados fecham serviços não essenciais em Salvador; veja

Na próxima semana, abrem apenas mercados, farmácias, agências bancárias e serviço de saúde

Esse ano, os feriados estaduais do São João(24 de junho), o Dois de Julho e a festa de Nossa Senhora da Conceição(08 de dezembro) da praia serão comemorados na mesma semana, entre os dias 25 e 29 de maio. A iniciativa da Prefeitura Municipal e do Governo do Estado visa intensificar o isolamento social e o enfrentamento da COVID-19.

Apenas atividades que já funcionam em dias de feriado, desde que não estejam enquadradas em medidas restritivas e com exceção das agências da Caixa (somente para pagamento de benefícios relacionados à pandemia), podem abrir as portas, a exemplo de supermercados, farmácias, postos de gasolina e serviços de urgência e emergência na área saúde. 

Além da capital baiana, os municípios de Feira de Santana, Itabuna, Ilhéus, Jequié, Candeias, Lauro de Freitas, Ipiaú e Camaçari (que possuem mais de 100 casos confirmados) também anteciparão feriados. Na próxima semana, as demais cidades baianas, quando não houver feriados municipais, haverá um decreto estadual para suspender atividades não essenciais. Vale salientar que os serviços bancários não estarão suspensos na quinta e sexta.

O funcionamento dos bancos na segunda, terça e quarta(25, 26 e 27/05), inclusive, foi alvo de muitas polêmicas, especialmente, depois de uma reunião realizada na tarde desse sábado, 23,  entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o Sindicato dos Bancários da Bahia. A entidade que representa os trabalhadores reivindica o cumprimento dos decretos estadual e municipal, que anteciparam feriados para os dias citados, com o objetivo de reduzir a taxa de contágio do coronavírus.

As instituições financeiras argumentam a necessidade de abertura de modo a garantir o pagamento de benefícios sociais, com a presença de menos de 30% dos funcionários. O critério seria por adesão, desde que houvesse um quantitativo mínimo para assegurar que os benefícios sejam pagos em cada unidade. O encontro não conseguiu apresentar  um consenso entre as partes.

Em Salvador, o impasse, no entanto, esbarra na decisão da gestão municipal, que liberou a abertura apenas para as agências da Caixa. "Vamos fiscalizar o cumprimento dessa lei de antecipação dos feriados também nos bancos, isso já a partir de segunda-feira. Quem descumprir, será fechado", advertiu o titular da Sedur, Sérgio Guanabara. 

Com a decisão de liberar toda uma semana de feriado, o governador do Estado pretende reduzir para 5% a taxa de contaminação. “Vamos anunciar medidas de maior impacto para que, juntos, possamos impactar de forma mais forte a taxa de contágio e a curva de crescimento dele”, explicou Rui Costa.

“Essa medida pode fazer com que a gente encurte o processo de retomada das atividades. A prefeitura vem conversando com os principais segmentos econômicos sobre os protocolos de retorno, detalhando quais serão as medidas necessárias para retomada dessas atividades. É desejo nosso e claro que qualquer decisão será compartilhada com o governo do estado", completou o gestor da capital baiana, ACM Neto.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas