Fermentação de aprendizados e realizações: conheça a Marias Panificadora

empregos
19.05.2021, 23:45:00
Atualizado: 19.05.2021, 23:45:28
As três gerações que fazem a Marias Panificação mostraram como o aprendizado nos negócios e na vida fermentam o sucesso (Reprodução/Instagram)

Fermentação de aprendizados e realizações: conheça a Marias Panificadora

Empresa teve aprendizados durante a pandemia; conhecer bem o negócio é a chave do sucesso

Ao contrário do que aconteceu com alguns estabelecimentos na pandemia, elas não perderam faturamento, mas perceberam que, apesar disso, a manutenção da lanchonete, mercearia e panificadora dentro da Marias Panificadora não estava gerando lucro. 

Não bastasse isso, as donas do negócio terminaram definindo uma estratégia que se mostrou uma armadilha: aproveitaram o adiamento do Simples Nacional em 2020 e realizaram um investimento que não era tão necessário naquele momento e, para honrar o compromisso, precisaram pegar empréstimo bancário. 

Sem perda de tempo, Maria da Conceição Sousa Moreira buscou a consultoria especializada  e descobriu que havia ralos na empresa, a exemplo da precificação equivocada no valor das quentinhas que substituíram a venda do almoço no self service. “Durante uma semana paramos a comercialização do almoço e fomos analisar toda a situação para que a organização pudesse ser efetiva”, contou Conceição, durante a live Empregos e Soluções desta quarta-feira (19), na página do Jornal Correio, no Instagram. 

Conceição (amarelo) e Dona Glorinha mostraram a força das mulheres empreendedoras que lutam pelos negócios e família (Foto: Reprodução)

No encontro, Conceição contou com a participação festejadíssima de Dona Glorinha, a matriarca da família, que vem emprestando toda simpatia nas lives e vídeos realizados pelas empresárias. “Tenho muito orgulho da caminhada delas e tudo o que puder fazer para ajudar, estarei pronta”, revelou. 

Aprendizados
A sócia da Marias Panificadora reconheceu que, apesar de desafiador, o período trouxe muitas lições valiosas para os negócios e para a vida. Entre elas está o fato que é preciso de ter uma mentalidade flexível, que permita retroceder para poder seguir adiante. 

“Sempre tive um perfil muito centralizador. O trabalho numa padaria não é fácil, começa muito cedo e termina tarde. Então, aprendi a valorizar o cuidado pessoal e a delegar tarefas e responsabilidades”, contou à Flávia Paixão. Ela fez questão de dizer que continua acordando às 5 h, mas que, agora, essas primeiras horas da manhã são dedicadas à meditação e à atividade física.

A contribuição das gerações mais jovens também está colaborando com o negócios das Marias, que estão menos tímidas e mais à vontade nas redes (Foto: Reprodução)

Na sua rotina, as noites de Conceição são dedicadas ao estudo, pois, apesar de mostrar muito domínio das questões gerenciais durante a live, Maria reconheceu que elas ainda têm muito o que aprender no universo da administração de um negócio. 

Outro aprendizado importante e destacado durante a live foi a importância de identificar as habilidades e competências e colocá-las nos lugares certos. “Somos seis irmãs, nove netas, um neto, além das bisnetas de minha mãe e, quem não está envolvido no negócio diretamente, está auxiliando de alguma forma, como foi o caso da minha sobrinha Vanessa Barreto, que é uma designer competentíssima e nos ajudou com a troca da identidade visual e a marca”, fez questão de reforçar.

Talentos, segundo Conceição, são muitos dentro da organização e verificar onde eles gostariam de estar é parte do sucesso da empresa. “Tive um balconista que me disse que o sonho dele era ser padeiro. Fomos ajudar a ele realizar esse sonho porque esse também é o nosso papel”, finalizou Conceição.

Vale lembrar que as lives Empregos e Soluções ficam gravadas e são realizadas todas as quartas-feiras, sempre às 18 horas. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas