Festa irregular com idosos é interrompida em Ribeirão Preto (SP)

brasil
15.02.2021, 20:44:19
(Divulgação/PMRP)

Festa irregular com idosos é interrompida em Ribeirão Preto (SP)

Força tarefa para impedir aglomerações na cidade descobriu o evento na noite do último sábado

Uma festa irregular com a presença de idosos foi interrompida na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, na noite de sábado (13). A festa foi descoberta durante uma operação de força-tarefa para coibir eventos durante o Carnaval. As informações são da Folha de SP.

A casa de festas no centro da cidade recebia um evento com cerca de 300 pessoas, a maioria delas idosas. A festa foi interrompida por volta das 22h, já próximo do horário marcado para seu término.

A cidade do interior paulista está na fase laranja do Plano São Paulo, segunda etapa mais restritiva no combate à disseminação do coronavírus. Na fase laranja, comércios e restaurantes não podem funcionar depois das 20h e bares ficam impedidos de atender clientes para consumo no local.

Apesar do ponto facultativo do Carnaval ter sido cancelado no estado pelo governador João Doria para evitar festas e aglomerações, o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira manteve o feriado na cidade.

No entanto, ao lado do Ministério Público e a Polícia Militar, a prefeitura realizou operação conjunta para identificar eventos irregulares durante o Carnaval. Na sexta (12), foram identificados cinco eventos. No sábado (13), outros cinco.

 Os responsáveis foram autuados. Os donos de dois estabelecimentos foram levados à delegacia. De sexta a domingo, 51 estabelecimentos da cidade também foram autuados por desrespeitarem as regras do Plano São Paulo.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas