'Final não é lugar de menino', diz Marcelo Sant'Ana sobre o árbitro da decisão

e.c. bahia
18.05.2017, 00:23:00

'Final não é lugar de menino', diz Marcelo Sant'Ana sobre o árbitro da decisão

Presidente tricolor reclama do juiz Antônio Dib Moraes de Sousa, do Piauí, que anulou gol de Zé Rafael no 1º tempo

O empate em 1x1 diante do Sport, na Ilha do Retiro, na noite desta quarta-feira (17), no primeiro jogo da final da Copa do Nordeste, foi comemorado pelos jogadores do Bahia. com o resultado, um empate sem gols ou triunfo por qualquer placar dá o tricampeonato ao Esquadrão, dia 24, na Fonte Nova. 

Depois da partida, no entanto, o presidente tricolor, Marcelo Sant'Ana, reclamou bastante do árbitro Antônio Dib Moraes de Sousa, do Piauí. O dirigente referiu-se ao gol marcado por Zé Rafael ainda no primeiro tempo. O árbitro entendeu que o volante Renê Júnior estava em posição de impedimento e teria atrapalhado o goleiro Magrão, do Sport. 

Além disso, o empate do Sport surgiu de um escanteio mal marcado pelo juiz, em lance que seria tiro de meta. “Final não é lugar de menino, de principiante. São dois times de Série A. Com todo respeito ao Piauí, não podia ser um árbitro de lá”, reclamou o presidente Marcelo Sant’Ana. "Que time o Piauí tem na Série A? Na Série B ou C? Que nível de jogo ele acompanha durante o ano para botar numa final de Copa do Nordeste? Tem que ter seriedade, rapaz! Tem que botar gente para trabalhar com dignidade! Deixe os jogadores decidirem?", bradou.

Antes de encarar o Sport na próxima quarta-feira (24), o Bahia jogará pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, domingo (21), às 11h, contra o Vasco, no Rio de Janeiro. O Esquadrão lidera com três pontos e o Vasco é lanterna, sem pontuar.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas