Flávio Bolsonaro presta depoimento ao MP no Rio no inquérito da 'rachadinha'

brasil
08.07.2020, 06:33:06
Atualizado: 08.07.2020, 06:36:56
(Beto Barata/Agência Senado)

Flávio Bolsonaro presta depoimento ao MP no Rio no inquérito da 'rachadinha'

Flávio é investigado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi ouvido nesta terça-feira (7) pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) no inquérito que investiga o esquema de "rachadinha" em seu gabinete enquanto era deputado estadual no Rio de Janeiro.

O esquema consistiria na devolução de parte dos salários dos assessores. O depoimento desta terça-feira foi prestado a pedido do próprio senador, que afirmou por meio de sua assessoria querer "restabelecer a verdade".

A oitiva foi realizada pelos promotores do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc), que investiga o caso desde março do ano passado. Flávio é investigado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Outro alvo da mesma investigação é Fabrício Queiroz, seu ex-assessor parlamentar, preso em 18 de junho em Atibaia (SP).

O pedido para que fosse ouvido na investigação representou uma mudança na estratégia de defesa do senador. O MP-RJ havia tentado ouvir o senador no início de 2019, mas ele não prestou depoimento. Depois, tentou interromper a investigação.

Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do senador, o conteúdo da audiência está em segredo de Justiça e será preservado. Ainda segundo a assessoria, a mulher do parlamentar, Fernanda Bolsonaro, não prestará depoimento. O MP-RJ havia requerido também a oitiva dela.

A defesa do senador afirmou ainda que Flávio Bolsonaro "não praticou qualquer irregularidade e que confia na Justiça".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas