Fora da Sul-Americana, Bahia se apega a reação no Brasileirão

e.c. bahia
17.12.2020, 05:00:00
Atualizado: 17.12.2020, 19:17:16
Mano tem a missão de fazer o Bahia voltar a vencer para evitar uma tragédia no Campeonato Brasileiro (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Fora da Sul-Americana, Bahia se apega a reação no Brasileirão

Segundo Mano Menezes, tricolor terá mais tempo para recuperar atletas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O sonho de conquistar o título da Copa Sul-Americana ficou para trás no Bahia. Eliminado do torneio nas quartas de final depois de perder as duas partidas para o Defensa e Justicia, da Argentina, o tricolor agora vai focar apenas no Campeonato Brasileiro.

Neste domingo (20), o Esquadrão encara o Flamengo, às 18h15, no Maracanã, em busca de reação. Pelo Brasileirão, o time soma quatro derrotas consecutivas e está a apenas três pontos do Vasco, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Por isso, de certa forma, ter apenas um campeonato pela frente apresenta um alívio para o tricolor. Pelo menos é assim que analisa o técnico Mano Menezes.

"Concentrar nossas atenções em uma competição só, não repartir elenco. Campeonato Brasileiro é muito difícil. Quando tem que tirar jogadores e manter outros, é muito difícil manter. Vamos voltar atenções. Temos um jogo de extrema dificuldade em relação a esse desgaste. Daqui a três dias vamos estar jogando contra o Flamengo no Rio de Janeiro. Depois teremos uma semana para trabalhar, recuperar os jogadores", disse ele ainda na Argentina.

Esse ano a campanha do Bahia na Série A tem ficado bem longe da expectativa criada. Se no ano passado o Esquadrão esboçou a briga por uma vaga na pré-Libertadores, em 2020 o olhar tem sido para a parte de baixo da tabela.

Fora os resultados ruins, a equipe ainda convive com os problemas defensivos. O tricolor é o dono da defesa mais vazada entre os 20 clubes da Série A. Em 25 jogos, a equipe já foi vazada 42 vezes, ficando na frente de times como Goiás, Vasco e Botafogo, que estão na zona de rebaixamento.

Nesta quinta-feira (17), a delegação tricolor vai de Buenos Aires para o Rio de Janeiro. Na sexta (18) e no sábado (19) o elenco treina no CT do Fluminense e faz a preparação para o duelo contra o Flamengo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas