Garçom é morto durante ação policial no Rio de Janeiro

brasil
09.11.2019, 15:56:00
Atualizado: 09.11.2019, 15:56:35

Garçom é morto durante ação policial no Rio de Janeiro

Vítima foi baleada na cabeça quando voltava do trabalho 

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O garçom Francisco Laércio de Paula Lima, 26 anos, foi assassinado durante uma operação da Polícia Militar na comunidade Barreira do Vasco, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã deste sábado (9). A vítima carregava uma sacola e um copo de café quando foi baleada. 

Moradores da região ouvidos pelo G1 Rio de Janeiro disseram que Francisco trabalhava em um bar na Lapa e que foi baleado quando voltava do serviço. Ele foi surpreendido por policiais militares que saíram de um beco atirando. Os PMs teriam dito para quem estava na rua não correr.

As testemunhas disseram que depois de ser atingido, Francisco tentou se proteger se apoiando em um muro. Ainda assim, foi baleado novamente, desta vez na cabeça, e morreu no local. Moradores fizeram um protesto na comunidade e acusaram os policiais de abusos. 

A Polícia Militar afirmou que Francisco foi baleado durante uma troca de tiros com criminosos, lamentou o ocorrido e disse que a corregedoria vai investigar o caso. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas